Gastou muito? Veja o que O Diabo de Cada Dia fez para ter elenco estrelado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Diabo de Cada Dia reúne um elenco super estrelado na Netflix. Grande parte dos atores são conhecidos por trabalhos famosos, como Crepúsculo, filmes da Marvel e It: A Coisa.

Em Hollywood, devido a agenda de cada ator, é muito difícil que isso aconteça. Mas, O Diabo de Cada Dia conseguiu e entregou a trama com o grande elenco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No filme, estão nomes como os de Tom Holland, Robert Pattinson, Sebastian Stan, Haley Bennett, Bill Skarsgård (o Pennywise de It: A Coisa), Mia Wasikowska e Jason Clarke.

Em entrevista ao Looper, o diretor Antonio Campos revelou o que fez para reunir esse elenco. O segredo não está em um salário alto, como muitos fãs podem imaginar.

O cineasta se encontrou com grande parte do elenco e até tomou café com os atores. Dessa forma, deixou todos interessados em fazer parte de O Diabo de Cada Dia.

O primeiro a ter aceitado o convite foi Robert Pattinson, que viverá o Batman no cinema. Campos tem amigos em comum com o ator, o que facilitou o contato.

“Ele estava no meio de Bom Comportamento quando encontrei ele e eu mostrei para ele um rascunho inicial. Ele realmente gostou do papel de pastor e foi isso. Ele foi o primeiro, o que foi muito legal”, relembrou o diretor.

E o restante do elenco da Netflix?

O único que teve um contato mais afastado foi Tom Holland, que na época do convite começava a viver o Homem-Aranha da Marvel. O agente do ator leu o roteiro e o astro aceitou.

“Ele conhecia meu trabalho e ficou interessado”, declarou o cineasta. Mia Wasikowska também aceitou rapidamente o convite.

Já para ter Bill Skarsgård e Riley Keough, Campos teve encontros com os atores. Um bom e velho café resolveu toda situação.

“Riley Keough foi alguém com quem eu tomei um café. Nós gostamos muito do trabalho um do outro. Com Bill Skarsgård foi a mesma coisa. Foram apenas encontros como, ‘Hey, vamos nos conhecer e se algo surgir no futuro, vamos entrar em contato’. E foi assim”, contou ainda o diretor de O Diabo de Cada Dia.

Um detalhe é que Campos não se prende aos currículos. Por exemplo, o diretor de O Diabo de Cada Dia não pensou em uma reunião de Sebastian Stan, o Soldado Invernal da Marvel, com Tom Holland.

O cineasta da Netflix ainda brincou que um dia a maior parte dos atores podem fazer parte do MCU, o universo cinematográfico da editora, por ele ser muito grande.

“Os Vingadores é tão grande. Que ator não está lá? Esses universos estão ficando gigantes e atraem os melhores. É inevitável que você vai trabalhar com alguns deles”, concluiu o diretor.

“Tem gente que nasce pra ser enterrada.Um pastor profano (Robert Pattinson), um casal perverso (Jason Clarke e Riley Keough) e um xerife corrupto (Sebastian Stan) são alguns dos habitantes sinistros de Knockemstiff, uma região remota de Ohio onde o jovem Arvin Russell (Tom Holland) enfrenta as forças do mal que ameaçam sua família. Ambientado entre a Segunda Guerra Mundial e a guerra do Vietnã, o diretor Antonio Campos apresenta um cenário sedutor e aterrorizante onde justos e corruptos travam uma batalha”, afirma a sinopse do filme da plataforma de streaming.

O Diabo de Cada Dia está na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio