J.K. Rowling tem causado muita polêmica nas redes ultimamente, com posturas vistas por muitos como transfóbicas. O seu mais novo livro, Troubled Blood, também chegou a ser acusado de promover o preconceito contra pessoas transgênero. Apesar disso, ele é líder em vendas.

Escrito sob o pseudônimo de Robert Galbraith, o livro já vendeu mais de 64 mil cópias nos seus primeiros cinco dias. De acordo com o The Bookseller, isso é quase o dobro das vendas do livro anterior da autora de Harry Potter.

As acusações contra o livro especificamente começaram quando os fãs se deram conta da trama, que traz a história de um assassino que se veste de mulher. Isso somado a comentários vistos como transfóbicos de J.K. Rowling gerou revolta nas redes.


Os comentários da autora de Harry Potter precedem o anúncio do livro. Publicados principalmente no Twitter, a autora já defendeu ideias que vão de encontro à identidade de gênero de mulheres trans.

Mais polêmica

Recentemente, em publicação no Twitter, a escritora de Harry Potter fez propaganda de uma loja abertamente transfóbica.

A autora fez propaganda da loja em dois tuites vinculados um ao outro, chegando a colocar o link da loja. Ao acessar a página, vemos logo na home claras demonstração de preconceito à pessoas transgênero (especialmente mulheres).

Dentre os produtos vendidos na loja, vemos itens com os dizeres transfóbicos:

“Ideologia trans apaga mulheres”, “mulheres trans são homens” e a caneca com os dizeres: “notória transfóbica”. Isso além de outros absurdos.

No tuite original, J.K. Rowling escreveu:

“Algumas vezes uma camiseta simplesmente dialoga com você (da loja Wild Womyn Workshop, caso você conheça uma bruxa que queira uma”, escreveu a autora junto da foto de uma camisa com os dizeres “essa bruxa não queima”.

No tuite seguinte, a autora de Harry Potter escreveu:

“Se você é (ou conhece) uma bruxa que queira uma dessas, não compre de enganadores. Eu comprei minha camiseta da Wild Womyn”.

Considerando que os itens com dizeres transfóbicos estão presentes na home do site da loja, é bastante improvável que J.K. Rowling não tenha visto tais produtos.

Veja os prints da página e o tuite de J.K. Rowling. O tuite original, no momento da publicação desta matéria, ainda está no ar, mas pode vir a ser apagado pela autora de Harry Potter.

No cinema, J. K. Rowling segue como roteirista de Animais Fantásticos 3, do mundo de Harry Potter. O filme pode estrear nos cinemas em novembro de 2021.