Alerta de spoilers!

O Diabo de Cada Dia, da Netflix, é um thriller psicológico que foca nos seus detalhes, incluindo um significado oculto por trás das fotografias de Sandy e Carl. O que muitos não sabem é que tais fotos representam um período sangrento e controverso da História dos EUA.

O filme começa com a história do pai de Arvin testemunhando os horrores da Segunda Guerra. É o trauma ocasionado pelo que ele viu no combate que o levaram a se suicidar.

Próximo do fim do filme, Arvin considera se alistar no exército, para se juntar à guerra do Vietnã, que já estava no meio da sua duração de duas décadas. Desde então, estudiosos e historiadores consideraram esse conflito como a primeira guerra televisionada.


Embora a Segunda Guerra e a Guerra da Coréia também tenham suas próprias atrocidades, foi a Guerra do Vietnã que trouxe constantes imagens chocantes para as casas da população americana, gerando um impacto gigantesco na percepção pública acerca do conflito.

Isso tudo acabou levando ao fim do conflito, com os EUA saindo do país, em derrota.

As fotografias de O Diabo de Cada Dia representam justamente esse televisionamento da Guerra do Vietnã. Com isso, o filme da Netflix critica os EUA (e a memória curta da sua população).

Assim sendo, o xerife do filme funciona como analogia aos políticos do país, que sacrificam as vidas e as mentes de civis e soldados a fim de lucrar em cima desses conflitos.

Cenário aterrorizante

A sinopse da Netflix deixa claro que a trama de O Diabo de Cada Dia se passa na sombria região de Knockemstiff.

“Tem gente que nasce pra ser enterrada.Um pastor profano (Robert Pattinson), um casal perverso (Jason Clarke e Riley Keough) e um xerife corrupto (Sebastian Stan) são alguns dos habitantes sinistros de Knockemstiff, uma região remota de Ohio onde o jovem Arvin Russell (Tom Holland) enfrenta as forças do mal que ameaçam sua família”.

“Ambientado entre a Segunda Guerra Mundial e a guerra do Vietnã, o diretor Antonio Campos apresenta um cenário sedutor e aterrorizante onde justos e corruptos travam uma batalha”, afirma a sinopse do filme da Netflix.

O filme é adaptado do livro de mesmo nome de Donald Ray Pollock. Antonio Campos, conhecido por The Sinner, também fica com o roteiro.

O elenco completo tem Tom Holland, Robert Pattinson, Sebastian Stan, Haley Bennett, Bill Skarsgård (o Pennywise de It: A Coisa), Mia Wasikowska, Jason Clarke, Eliza Scanlen e Douglas Hodge.

O Diabo de Cada Dia está disponível na Netflix.