Pets Unidos!, da Netflix, é para crianças? Veja o que pais precisam saber

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção! Contém spoilers de Pets Unidos

Em tempos de quarentena, a Netflix se esforça para lançar novos conteúdos de qualidade a cada semana. Agora, a plataforma acaba de lançar Pets Unidos, filme infantil que está fazendo o maior sucesso entre o público brasileiro.

Pets Unidos conta a história de Roger e Belle, dois pets que embarcam em uma aventura alucinante para sobreviverem em uma cidade dominada pelo caos de uma revolta dos robôs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filme pode ser visto pela família inteira, e por isso está se destacando entre os mais assistidos da plataforma.

Mesmo com classificação livre, muitos pais se perguntam se Pets Unidos tem alguma cena indecente ou inadequada. Um site americano especializado em controles parentais respondeu essa dúvida; confira abaixo!

Filme familiar

Primeiramente, pais devem saber que Pets Unidos é um filme animado sobre pets que se juntam e enfrentam uma perigosa força policial formada por robôs.

Sendo assim, assinantes da Netflix podem esperar um espetáculo de ação desenfreada, que inclui perseguições, lutas, animais predatórios, robôs, acidentes de carro e trem, lâminas voadoras e uma perigosa máquina que destrói sucata.

Essa máquina em questão protagoniza uma cena na qual quase destrói um robô com sentimentos humanos e alguns pets.

Alguns pais também se surpreenderam com a cena final, que traz a destruição – de algumas forma vingativa – do principal antagonista e comandante dos robôs.

Felizmente, todos os pets sobrevivem no final, inclusive um que aparentemente havia sido esmagado por uma máquina no desfecho.

Todos os pets possuem histórias próprias e comportamentos individuais, e alguns deles podem ser considerados estereótipos de nacionalidade.

Sendo assim, os animais do zoológico são eslavos, um poodle metido é italiano, uma raposa esperta é irlandesa e um gato sofisticado é britânico.

Um animal em especial é obcecado por tratamentos de beleza, como preenchimentos labiais, cílios, rinoplastias, massagens e muito mais.

A linguagem, é claro, usa xingamentos típicos de crianças, mas também faz uso dos termos “diabo”, “inferno”, “cocô” e “pum”, algo que pode desagradar famílias mais conservadoras ou religiosas.

Pets Unidos traz uma mensagem importante sobre respeito à natureza e os perigos da inteligência artificial. Infelizmente, estes elementos só são citados no terceiro ato do filme, o que não deixa espaço para grande impacto nos espectadores mais jovens.

O elenco original de vozes de Pets Unidos conta com Patrick Roche (Sou Luna), Felix Auer (Gholan), Jeff Burrell (Pandorum) e Natalie Dormer, a Margaery Tyrell de Game of Thrones.

Pets Unidos está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio