ALERTA DE SPOILERS

Estou Pensando em Acabar com Tudo deixa muitas perguntas na Netflix. Uma delas é sobre quem realmente é a namorada de Jake, o protagonista.

Durante todo filme, a história é contada sob o ponto de vista dela, em uma visita na casa dos pais do novo namorado. Porém, no fim de Estou Pensando em Acabar com Tudo, fica claro que a história é uma mistura de lembranças dele.

Até chegar a essa conclusão, porém, o longa da Netflix confunde. A jovem mulher ganha vários nomes: Lucy, Louisa, Lucia e Ames.


Ao mesmo tempo, muda as carreiras e os modos dela. Alguns poderiam até desconfiar de uma pessoa com múltiplas personalidades.

O único ponto do filme que se mantém é a noite que ela conheceu Jake. Porém, internamente, ela repete várias vezes que não o ama mais.

Depois, coisas estranhas começam a acontecer. Os pais de Jake ficam mais novos e mais velhos; uma foto dela aparece na casa; e o cachorro da família faz sempre a mesma coisa.

Além disso, ela acha os quadros dela na casa de Jake. Parece, inicialmente, que a família dele está perseguindo ela.

Porém, não é bem isso que aconteceu.

Fim do mistério na Netflix

Estou Pensando em Acabar com Tudo fica ainda mais complicado quando Jake decide levar a namorada para casa. Ele desvia na estrada e para na escola em que estudou.

Primeiro, Jake entra ao pensar que o zelador estava espiando os dois. Depois, a personagem de Jessie Buckley percorre o mesmo caminho, atrás dele.

Então, para ele, a jovem mulher revela a verdade. Jake nunca teve coragem de falar com ela.

Essa jovem mulher não existe. É apenas uma lembrança de arrependimento de Jake, que está velho e na verdade é o zelador.

Isso explica as mudanças dos nomes, das profissões e dos modos. Da mesma forma, o motivo das memórias serem tão confusas.

“Uma jovem vai com o namorado conhecer os pais dele em uma fazenda remota e embarca em uma viagem para dentro de seu próprio psiquismo”, diz a sinopse do filme da Netflix.

Estou Pensando em Acabar com Tudo está na Netflix.