Alerta de spoilers!

A morte da Viúva Negra gerou muita controvérsia em Vingadores: Ultimato e agora, mais de um ano depois, Scarlett Johansson e a diretora Cate Shortland falaram sobre esse momento dramático do filme.

Em entrevista à revista Total Film, Johansson falou sobre o destino de sua personagem e a diretora de Viúva Negra concordou com a perspectiva da atriz.

“Eu amo Natasha. Ela teve uma incrível jornada de dez anos, e senti que ela finalmente foi capaz de tomar uma escolha ativamente. Pareceu como algo bem condizente com a personagem, esse sacrifício. Ela está em paz com isso, e, de muitas maneiras, sempre soube que esse era seu destino, de forma estranhamente poética”.


“Se você olhar para os filmes, o que há neles. Todos eles a levaram para essa escolha – ou ser capaz de fazer essa escolha”, continuou Scarlett Johansson.

A diretora de Viúva Negra concordou com a atriz, acrescentando que esse sacrifício aprofunda a personagem, por não ser algo estritamente narrativo e sim como o espectador sente essa cena.

“Essa morte dá à Viúva Negra mais coração, por não ser como a história acaba. É, na verdade, como você se sente – não é algo narrativo. É como, como isso faz a audiência se sentir?”.

Mais sobre Viúva Negra

O elenco de Viúva Negra tem Scarlett Johansson (Vingadores: Ultimato), Florence Pugh (Midsommar), David Harbour (Stranger Things), Rachel Weisz (A Favorita) e O-T Fagbenle (The Handmaid’s Tale). O filme é dirigido por Cate Shortland.

O filme da Marvel se passa entre Capitão América: Guerra Civil e Vingadores: Guerra Infinita. O longa começa uma nova fase do MCU de forma inédita, com um prelúdio.

A trama deve ser a despedida da heroína. Em Vingadores: Ultimato, a Viúva Negra morre – mas esse longa deve revelar segredos da personagem que não foram respondidos, bem como dá uma aventura solo para ela.

Viúva Negra, por enquanto, está previsto para chegar em outubro.