Duke Caboom é um dos personagens mais marcantes de Toy Story 4, mas ele está causando problemas para a Disney. O estúdio está sendo processado pela similaridade do personagem, dublado por Keanu Reeves, com Evel Knievel.

Segundo o TMZ, o processo foi feito pelo filho de Knievel contra a Disney, Pixar e outras subsidiárias da The Walt Disney Company.

O personagem certamente foi feito em homenagem, também como paródia, de Evel Knievel, então ainda é incerto se esse processo terminará a favor da Disney ou do herdeiro de Knievel.


O processo diz que Duke Caboom claramente se inspira nas vestimentas de Knievel, citando que um boneco dos anos 1970 do artista performático. Ele ainda nota que os envolvidos no filme fizeram questão de não mencionar o dublê nas entrevistas enquanto promoviam Toy Story 4.

Curiosamente, o personagem Duke Caboom não seria grande parte de Toy Story 4 originalmente, mas isso acabou mudando quando Keanu Reeves se encontrou com os produtores do filme. Aos poucos, ele ganhou mais espaço na trama.

Mais detalhes sobre o processo devem ser divulgados nos próximos meses.

Revelação tensa

Um dos momentos mais dramáticos de Toy Story 3 mostra os brinquedos principais do filme quase sendo incinerados. Felizmente, eles conseguem sair ilesos da experiência traumática.

Agora, no Twitter, o diretor Lee Unkrich fez uma revelação bem importante sobre o filme, dizendo que os brinquedos, de fato, podem morrer no universo Toy Story.

Ao ser questionado por um fã na rede social, que discutia com a namorada se os brinquedos são imortais ou não, Unkrich respondeu:

“Eles vivem enquanto existirem. Mas se forem totalmente destruídos? Digamos, em um incinerador? Fim de jogo”, escreveu o diretor de Toy Story 3.

Pode parecer um tanto macabro, mas é melhor que a alternativa. Se os brinquedos vivessem para sempre, após passar pelo incinerador eles se transformariam em uma massa disforme de plástico, possivelmente se fundiriam, e passariam boa parte da vida dessa forma – até serem transformados em alguma outra coisa.

Em todo caso, a resposta deixa bem claro que os brinquedos realmente estavam em grande perigo na cena de Toy Story 3.