Com Vingadores: Ultimato reinando como o filme de maior bilheteria de todos os tempos, é fácil esquecer o início humilde do MCU.

Em um clipe da terceira temporada de O Próximo Convidado Dispensa Apresentações com David Letterman, o astro do MCU, Robert Downey Jr., relembrou os dias difíceis nas filmagens do primeiro filme do Homem de Ferro, antes da Marvel ser propriedade da Disney e ter dinheiro de verdade para usar nos efeitos visuais.

“Inicialmente, tudo estava realmente lá”, Downey Jr. disse a Letterman.


“Eles queriam gastar o mínimo que podiam na substituição por CGI, então eu me lembro que um capacete foi usado, e haveria uma cena, e eu estaria com o traje inteiro, e eles diziam: ‘Tudo bem, Robert, é como se você tivesse pousado no telhado, então, quando dissermos ‘ação’, vá assim, como se tivesse acabado de pousar, e comece a seguir em frente.'”

“Então coloquei o capacete e ele se fechou com força e não consegui ver nada, e então as luzes acenderam-se e fiquei absolutamente cego.”

Problema com o traje

A deficiência temporária da visão provou valer a pena, porém, quando Homem de Ferro se tornou um grande sucesso.

Alguns bilhões de dólares arrecadados depois, e o estúdio tinha um orçamento que significava que Downey Jr. não precisava mais enfiar a cabeça no traje do Homem de Ferro.

“No momento em que estávamos fazendo os últimos filmes dos Vingadores, eles apenas diziam: ‘Ei, Robert, você se importaria de colocar dois pontos aqui, e então poderemos pintar mais tarde?'”

A terceira temporada de O Próximo Convidado Dispensa Apresentações com David Letterman já está disponível na Netflix.

Quanto a Robert Downey Jr., ele se despediu de seu papel de Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato, filme da Marvel de 2019.