Robert Downey Jr. teve uma vida e uma carreira de altos e baixos. O famoso ator, que interpretou o Homem de Ferro na Marvel, lutou contra o vício em drogas por vários anos, sendo preso várias vezes e até mesmo condenado a 180 dias de prisão.

Por um período de tempo, as coisas pareciam sombrias para o talentoso ator, mas ele foi capaz de mudar as coisas e permanece sóbrio hoje.

Enquanto muitas estrelas encontraram suas próprias maneiras de superar o vício, Downey Jr. encontrou consolo nas artes marciais.


Ajuda na recuperação

Durante uma recente aparição no Joe Rogan Experience, Downey Jr. compartilhou que há anos estuda artes marciais e adora o que isso faz por sua vida.

Especificamente, ele tem estudado Wing Chun, uma arte marcial que Bruce Lee praticou antes de desenvolver seu próprio Jeet Kune Do. Para Downey Jr., estudar a arte tornou-se uma ferramenta essencial para sua recuperação.

“Isso absolutamente coincidiu com a minha recuperação, e as duas coisas de uma forma ou de outra parecem combinar. No que se refere a isso, era um aprendiz – foi como um aprendizado”, disse o ator.

“E era um aprendizado que dependia de eu estar em um certo espaço livre.”

O astro dos filmes dos Vingadores também explicou durante uma entrevista à Oprah que seu treinamento o ajudou a se tornar mais fundamentado, sensível e aberto aos outros.

“Wing Chun dá a você uma sensação de conforto e autodefesa. Além disso, melhora o seu foco. Simplesmente faz muitas coisas. Faz você se sentir parte de algo que respeita.”

Robert Downey Jr. se despediu de seu papel como Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato, de 2019.

Vingadores: Ultimato, no Brasil, estará em breve disponível no Disney+, serviço de streaming que será lançado em novembro.