As primeiras adaptações live-action de Scooby-Doo fazem o maior sucesso com o público brasileiro! Os filmes chegaram recentemente à Netflix, e muitos espectadores já curtiram uma maratona com a icônica dublagem original. A nostalgia da audiência deixou Scooby-Doo e Scooby-Doo: Monstros à Solta no topo do ranking dos filmes mais assistidos da plataforma.

Muitos fãs não sabem, mas o roteiro dos filmes de Scooby-Doo foram produzidos por James Gunn, comandante da franquia Guardiões da Galáxia e diretor do vindouro Esquadrão Suicida. O plano original era produzir uma trilogia da turma do mistério, mas o terceiro capítulo acabou cancelado.

Em uma entrevista, o diretor revelou detalhes sobre a trama do filme que não aconteceu, além de contar o motivo de seu cancelamento.


Confira abaixo tudo sobre essa história!

História interessante

Durante um papo com fãs no Instagram, James Gunn explicou porque Scooby-Doo 3 nunca foi produzido. A resposta envolveu o desempenho crítico e financeiro dos filmes anteriores.

“Assinei um contrato para roteirizar e dirigir Scooby-Doo 3 em 2004. Só que o segundo filme, mesmo sendo bem sucedido, não fez sucesso suficiente para garantir a produção do terceiro. Então, o filme acabou sendo cancelado. Dito isso, a minha experiência nessa franquia me deixou pronto para comandar os Guardiões da Galáxia quando a hora chegou”, comentou Gunn.

O filme original de Scooby-Doo foi dirigido por Raja Gosnell com base no roteiro produzido por James Gunn, e trouxe Freddie Prinze Jr, Sarah Michelle Gellar, Linda Cardellini e Matthew Lillard como os “garotos enxeridos”.

Embora tenha se destacado na bilheteria, principalmente no mercado internacional, o filme não foi bem recebido por críticos. Scooby-Doo conta com apenas 30% de aprovação no Rotten Tomatoes.

“Mesmo com a performance excelente de Matthew Lillard como Salsicha, Scooby-Doo é uma adaptação tediosa, cheia de piadas sem graça”, afirma o consenso crítico do site.

O segundo filme, Monstros à Solta, repetiu a tendência: Fez sucesso com o público internacional, garantiu uma bilheteria considerável mas foi detonado por críticos.

Com apenas 22% de aprovação no Rotten Tomatoes, o longa é considerado pelo site “uma história boba que deve agradar apenas as crianças”.

Em sua conversa com fãs no Instagram, James Gunn revelou também qual seria a trama de Scooby-Doo 3.

“A Turma do Mistério é contratada por uma cidade da Escócia que se queixa de uma ‘infestação de monstros’. O que eles descobrem no decorrer do filme é que os monstros são na verdade as vítimas, o que faz Scooby e Salsicha refletirem sobre os próprios preconceitos e crenças”, revelou o diretor.

Scooby-Doo e Scooby-Doo 2 estão disponíveis na Netflix.