Alerta de spoilers!

Em It: A Coisa, a criatura titular majoritariamente assume a forma do palhaço Pennywise e constantemente aparece segurando um balão, ou em meio a esses objetos. Uma teoria dá um significado a mais, e bastante assustador, para esses balões.

Como descobrimos no filme, Pennywise, ou a Coisa, na realidade é uma entidade de outra dimensão. Eventualmente as crianças conseguem derrotá-lo, mas depois de descobrirem sobre seu lar, onde “todos flutuam”.

Além disso, a dimensão de Pennywise é descrita como um local repleto de luzes laranjas, como balões.


Aí entra a teoria. Ela aponta que os balões que Pennywise segura, na realidade, contém as almas de suas vítimas.

Ele utiliza os balões em um simbolismo praticamente literal, lembrando sua verdadeira aparência, com a corda do balão remetendo ao seu visual similar a aranha gigante.

Com isso, todas as vezes que vemos algum balão em It: A Coisa, na realidade seria uma vítima de Pennywise presa, em essência, ali dentro.

Obviamente, trata-se apenas de uma teoria, mas pode muito bem ser aceita como verdade pelos fãs. Afinal, toda obra é aberta a interpretações.

Tragédia na vida real

Derry pode ser uma cidade fictícia e serve como palco central de It: A Coisa, mas ela foi inspirada em uma cidadezinha de verdade nos EUA, Bangor, que foi abalada por uma chocante tragédia. Dentre muitos outros aspectos do local, Stephen King optou por adaptar esse incidente no seu livro.

Em 1984, Charlie Howard foi assassinado em Bangor. Howard era um homem de 23 anos, gay, que foi atacado por três adolescentes e jogado em um canal, onde ele acabou se afogando.

A comunidade local ficou em choque, o que levou à construção de um monumento perto do local de sua morte e a criação da Charlie Howard Memorial Library, na cidade de Portland, no Maine.

Stephen King se inspirou nesse triste episódio de violência para criar a história de Adrian Mellon em It: A Coisa.

No livro, Adrian é atacado por um grupo de adolescentes homofóbicos e deixado em um canal, onde, ao invés de se afogar, acaba encontrando Pennywise.

Esse evento leva o Clube dos Perdedores, já adultos, a lutarem contra a entidade mais uma vez, honrando o pacto que fizeram quando crianças.

Uma bela homenagem de Stephen King à essa vítima de crime de ódio.

It: A Coisa está disponível na Netflix.