O Fascínio é mais um título estrangeiro a chegar à Netflix, aumentando seu catálogo crescente de produções internacionais. Mas fica a questão: do que exatamente se trata o filme de terror?

O terror italiano se passa no Sul da Itália e acompanha uma jovem mulher que vai visitar a mãe do seu noivo.

Ao chegar, estranhos eventos começam a ocorrer e a protagonista precisa enfrentar uma maldição que quer tomar controle da sua filha.


A obra foi comparada a O Bebê de Rosemary, A Bruxa, O Exorcista, dentre outros filmes sobre possessão.

Isso, contudo, não quer dizer que seja um filme muito bom. Por enquanto, o consenso da crítica sobre O Fascínio é que o filme é uma bagunça, com diálogos expositivos, apoiando-se muito em sons altos, gritos e sustos baratos.

Vale a pena?

O filme poderia ser um suspense bastante atmosférico, mas que acaba tendo fortes problemas de ritmo com efeitos sonoros que quebram totalmente a imersão.

A obra ainda foi descrita como sendo repleta de clichês e personagens rasos, que basicamente ficam boa parte do filme simplesmente andando lentamente em quartos pouco iluminados.

O elenco de O Fascínio conta com Riccardo Scamarcio, Mía Maestro, Giulia Patrignani, Mariella Lo Sardo, Federica Rosellini e Raffaella D’Avella.

A direção é de Domenico Emanuele de Feudis, com roteiro de Daniele Cosci, Domenico Emanuele de Feudis e Davide Orsini.

O Fascínio já está disponível na Netflix.