Sean Connery morreu em 31 de outubro aos 90 anos. O ator deixa um grande legado para o cinema.

Para os atores, o astro pode ter deixado uma herança inesperada. Poucas pessoas sabem sobre um ponto importante que cercou a história de Sean Connery como o primeiro James Bond, o agente 007.

Entre 1962 e 1967, Sean Connery fez cinco aparições como o agente secreto. Nesse período, a última delas foi Com 007 Só Se Vive Duas Vezes.


Naquele momento, Sean Connery estava se despedindo do papel. Depois em 1969, a franquia teve um único filme com George Lazenby, A Serviço Secreto de Sua Majestade.

Isso aconteceu porque o astro voltou ao papel. Mas, retornou ganhando um salário extraordinário para a década de 1970.

Pode-se dizer que o ator abriu as portas de Hollywood para os grandes vencimentos. Para atuar em 007 – Os Diamantes São Eternos, de 1971, o astro fechou um acordo de US$ 1,25 milhão (ou mais de R$ 7 milhões) e ainda o acordo de produção para dois filmes fora da franquia.

Porém, a história parou por aí. O ator tentou ainda receber US$ 5 milhões (ou mais de R$ 20 milhões) para retornar em novo filme, mas o estúdio não aceitou. Com isso, se despediu da franquia em 007 – Nunca Mais Outra Vez, de 1983, longa que ficou conhecido como não-oficial da série por ser da Warner Bros.

Sean Connery

A morte de Sean Connery

A causa da morte do astro britânico não foi revelada até o momento desta publicação. Como primeiro 007, Sean Connery é relembrado como um dos melhores atores no papel.

Jason, o filho do astro, disse para BBC que o pai faleceu dormindo nas Bahamas, após “não estar bem por um tempo”.

“Ainda estamos trabalhando para entender esse evento que aconteceu, apesar de que meu não estava bem por um tempo”, disse Jason, contando que Sean Connery morreu com a família perto dele.

Em 2000, chegou a ser honrado como cavaleiro pela Rainha Elizabeth II. O título é a mais alta honraria do Reino Unido.

Escocês, Sean Connery deixa a esposa Micheline Roquebrune, com quem se casou em 1975. Antes disso teve um relacionamento com Diane Cilento, de 1962 até 1973.

Com Cilento, teve o filho Jason Connery, que o deu um neto. Cilento, a primeira esposa do astro, tinha falecido ainda em 2011.