Missão Impossível 7 encara diversas situações problemáticas desde o começo das filmagens. Ao que parece, isso continua acontecendo com a equipe de Tom Cruise.

O Daily Mail afirma que o filme com o astro pode estar passando por um surto de coronavírus (COVID-19). As gravações acontecem em Veneza, na Itália, e 12 pessoas da equipe teriam testado positivo.

Com a situação, Missão Impossível 7 pode sofrer mais atrasos – o que atrapalha diretamente Tom Cruise, que se prepara para ir ao espaço para um filme ousado. Vale lembrar que o filme se arrasta por 2020.


Primeiro, no começo do ano, as gravações foram interrompidas, também na Itália, por causa da doença. Ao girar pela Europa, o longa com Tom Cruise encarou outros problemas.

Entre eles, ser envolvido em uma polêmica de destruir uma ponte centenária na Polônia e ser denunciado por condições precárias de trabalho.

Tom Cruise e a produção de Missão Impossível 7 ainda não se pronunciam sobre o possível surto. Porém, é relatado ainda que 150 figurantes teriam sido dispensados dos trabalhos e os cenários desmontados na cidade italiana.

Novidade na franquia

Pela primeira vez na franquia, Missão Impossível usará dois filmes para contar uma mesma história. Com isso, o oitavo longa da série já está confirmado.

Caso isso não acontecesse, Missão Impossível 7 teria quase 3 horas de duração. A informação foi confirmada pelo diretor Christopher McQuarrie.

Christopher McQuarrie, inclusive, comanda os dois filmes. Assim, repete a parceria de sucesso com Tom Cruise.

O elenco terá ainda os nomes de Hayley Atwell (Agente Carter), Pom Klementieff (Guardiões da Galáxia), Shea Whigham (Agente Carter) e o retorno de Vanessa Kirby.

O papel de vilão do filme deve ficar com Esai Morales. O ator é conhecido por Titãs.

Com Tom Cruise, Missão: Impossível 7 chega em novembro de 2021.