Creed: Trama de Rocky, de Sylvester Stallone, tem comovente inspiração

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A franquia Rocky nunca mais seria a mesma depois que o diretor Ryan Coogler contratou Michael B. Jordan como a estrela de um novo épico do boxe.

No entanto, como o caso tende a ser com qualquer nova parte de uma série de filmes amados, o caminho para fazer Creed não foi fácil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O longa-metragem de 2015 mostrou Sylvester Stallone retornando para interpretar o “garanhão italiano” pela sétima vez, mas agora como um mentor no ringue de Adonis Johnson (Michael B. Jordan), o filho ilegítimo de Apollo Creed, seu falecido rival que virou amigo interpretado por Carl Weathers no filme original.

Creed foi recebido com muita aclamação da crítica, retornos de bilheteria impressionantes e até rendeu a Stallone uma indicação ao Oscar e ao Globo de Ouro por seu papel coadjuvante como Rocky Balboa.

O que muitos fãs podem não saber é que o pai do cineasta Ryan Coogler inspirou o arco da história de Rocky em Creed.

Comovente inspiração

O que atraiu o diretor de Pantera Negra, Ryan Coogler, para comandar Creed foram as próprias admirações de seu pai pelos filmes originais de Rocky, tornando-o um fã também.

Na verdade, como o diretor revelou em uma entrevista ao The Wrap, seu pai teve grande influência no enredo, especificamente a doença não identificada que ele enfrentou sendo a base para a própria batalha de Rocky Balboa contra o linfoma não Hodgkin.

A inspiração da vida real para esse arco e seus temas de masculinidade e “a capacidade de proteger tudo o que você ama” é o que convenceu Sylvester Stallone a fazer o filme, entre outras coisas.

Creed 3 está em desenvolvimento, podendo contar com Michael B. Jordan como diretor, em sua estreia como cineasta.

No Brasil, Creed e Creed 2 estão agora disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio