Lindsay Lohan já foi a queridinha da Disney em Hollywood. Porém, ao longo da carreira acumulou uma fama polêmica.

Dentro dela não faltaram histórias curiosas para estrela. Uma delas aconteceu no filme Vale do Pecado.

No longa de 2013, Lindsay Lohan teve que fazer cenas de sexo. Para isso, fez um pedido bastante curioso para toda equipe e produção.


Geralmente, em cenas como essa, os atores pedem um estúdio vazio. Mas, a ex-Disney, de filmes como Operação Cupido, pediu para que a equipe ficasse e tirasse a roupa com ela.

O TMZ afirma que Lindsay Lohan “estava envergonhada em ter que tirar a roupa em um set com uma equipe de 10 homens”. Assim, para se sentir confortável “pediu que todos tirassem a roupa até que ficassem de cueca”.

Após isso, a ex-Disney teria conseguido fazer as cenas. Em Vale do Pecado, Lindsay Lohan vive Tara. O filme conta a história de um produtor e a namorada que “partem em uma viagem pelo lado obscuro da natureza humana”.

Mais uma ordem da ex-Disney

Em Todo Mundo em Pânico 5, a atriz também deu outra ordem que chamou atenção. Dessa vez, envolveu Charlie Sheen.

Lindsay Lohan passa grande parte do filme contracenando com o famoso de Two and a Half Men. Porém, preferiu não ter um contato mais íntimo com ele.

A revelação pode ser um choque para os fãs. Há cenas de Todo Mundo em Pânico 5 em que Charlie Sheen aparece beijando a personagem de Lindsay Lohan.

Porém, aqui entra a revelação que pode surpreender. A ex-Disney reclamou para produção que não queria beijar Charlie Sheen.

Assim, a equipe contratou uma dublê apenas para beijar o famoso. O TMZ afirma que a atriz ficou com medo por conta do “histórico” do astro.

No início, os produtores de Todo Mundo em Pânico não tinham levado a famosa a sério. Porém, na hora das gravações, a atriz simplesmente se recusou e a dublê teve que ser contratada.

Publicamente, os atores não comentam a história.

Todo Mundo em Pânico 5 pode ser visto em plataformas digitais.