Fãs de Velozes e Furiosos choram ao relembrar Paul Walker; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 30 de novembro de 2020, a morte de Paul Walker completa sete anos. O astro de Velozes e Furiosos morreu em um trágico acidente de carro.

Após um evento na Califórnia (EUA), Paul Walker deixou o local com o amigo Roger Rodas. Os dois estavam em um Porsche.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rodas perdeu o controle do carro e bateu. O veículo pegou fogo, matando o motorista e o astro de Velozes e Furiosos.

Na época, Velozes e Furiosos 7 estava no meio das gravações. Com ajuda de computação gráfica, uma despedida emocionante foi feita para Paul Walker no filme.

Porém, mesmo com a passagem do tempo, a emoção dos fãs não passa. Muitos ainda lamentam a morte do ídolo nas redes sociais.

Ao lembrarem dos sete anos da morte do astro, os fãs novamente levaram o nome de Paul Walker aos mais comentados do Twitter. Veja abaixo.

https://twitter.com/Raf4el_Avila/status/1333301736912678913

Personagem de Paul Walker pode voltar?

Quando Velozes e Furiosos 7 precisou de uma despedida apropriada para o infelizmente falecido Paul Walker, uma tecnologia moderna entrou em jogo. Com a ajuda dos irmãos do astro (e outros dois atores) na vida real como dublês de corpo, o rosto de Walker foi finalmente “colado” (por falta de um termo melhor) nos referidos dublês através do uso de CGI.

O processo usou as câmeras da unidade principal e três câmeras adicionais apenas para capturar os corpos dos dublês. As gravações foram então enviadas à aclamada empresa de efeitos digitais de Peter Jackson, WETA, para que as imagens fossem alteradas e o rosto de Walker fosse incluído.

É uma técnica que foi usada antes e depois. A trágica morte de Brandon Lee no set de O Corvo, e Philip Seymour Hoffman, infelizmente, falecendo antes que pudesse terminar suas cenas para Jogos Vorazes: A Esperança – O Final são dois exemplos.

Até Carrie Fisher recebeu tratamento semelhante por suas cenas inacabadas em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Todos os três atores tiveram uma combinação de dublês corporais e CGI para concluir seus papeis ou dar-lhes uma despedida digna.

Depois de muita deliberação – até mesmo considerando o cancelamento total do filme -, a Universal pediu a ajuda dos irmãos de Paul, Caleb e Cody, para concluir sua performance. Foi um trabalho caro, aumentando o orçamento, mas sem dúvida valeu a pena.

Enquanto o resultado final oscilou desconfortavelmente na beira do vale da estranheza, a combinação de CGI e dublês funcionou bem para dar aos fãs uma despedida emocionante para Brian O’Conner, o personagem, e mais importante, Paul Walker, o ator.

Com isso, rumores dão conta de que o personagem de Paul Walker poderia voltar mais uma vez, ainda mais com a saga acabando em Velozes e Furiosos 11. Por enquanto, porém, a produção não confirma.

Velozes e Furiosos 9 chega em abril de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio