Final de Crônicas de Natal 2 tem grande erro na Netflix e você não viu

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção! Contém spoilers de Crônicas de Natal 2!

Em uma carreira de mais de 60 anos, Kurt Russell interpretou alguns dos personagens mais icônicos da história do cinema. Entre seus créditos destacam-se Fuga de Nova York, O Enigma de Outro Mundo, Tombstone – A Justiça Está Chegando e Guardiões da Galáxia 2, no qual interpretou o todo poderoso Ego.

Agora, o ator conquista um público diferente ao dar vida ao Papai Noel na franquia Crônicas de Natal, da Netflix.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A sequência traz a aventura para o Polo Norte, onde os irmãos Pierce ajudam o Papai Noel e a Mamãe Noel – vivida por Goldie Hawn – a enfrentar um elfo vingativo.

De acordo com o site Screen Rant, o final do longa conta com um importante furo no roteiro; confira abaixo!

Erro ou redenção?

O problema de Crônicas de Natal 2 acontece inesperadamente durante a trama da viagem no tempo, na qual o diretor Chris Columbus oferece ao pública uma referência ao clássico Esqueceram de Mim.

No longa, Papai Noel e Kate são enviados para 1990 por Belsnickel, após o elfo maligno roubar a Estrela do Natal, objeto mágico que dá energia ao Polo Norte e permite a realização do Natal.

Dominado pela necessidade de despertar o espírito do Natal, Papai Noel canta e dança, no momento em que Kate acidentalmente esbarra no próprio pai – na época como um adolescente – três décadas antes de sua trágica morte.

Os dois criam uma forte conexão, e na hora de voltar para o futuro, Kate agradece ao Papai Noel a possibilidade de se despedir do pai.

O Bom Velhinho aceita os agradecimentos, sem admitir que não teve nada a ver com a situação. Foi Belsnickel que permitiu a viagem no tempo e desenvolveu a trama do longa, algo não reconhecido pelo enredo do filme.

O resultado traz o Papai Noel levando crédito pelo pequeno momento festivo, mesmo sem tê-lo proporcionado em primeiro lugar.

Mesmo sem querer, o plano de Belsnickel faz Kate retornar para a data exata que permitiria seu encontro com o falecido pai. Mesmo se o Papai Noel não estivesse envolvido, a situação ocorreria da mesma forma.

No final das contas, a sugestão de que o vilão de Crônicas do Natal 2 é o responsável pelo encontro de Kate com o pai pode até fazer sentido com a trama do longa, já que o personagem não ganhou nenhum arco de redenção.

As Crônicas de Natal 2 está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio