Alerta de spoilers!

A nova versão de Convenção das Bruxas adota um final bem mais parecido com o livro original de Roald Dahl do que o filme de 1990. Dessa forma, segue um tom mais sombrio, ao contrário do final feliz do longa-metragem anterior.

No fim de ambos os filmes, o protagonista (Luke no de 1990 e Charlie no de 2020) derrota as bruxas, mas há uma grande diferença. Na versão de 1990, ele volta a ser humano, já no de 2020 ele continua sendo um camundongo.

O final utilizado no primeiro filme chegou a irritar profundamente o autor original, que mandou um email criticando os realizadores, que concordaram em gravar uma versão alternativa, na qual o garoto permanecia na forma animal.


No fim, contudo, os realizadores de Convenção das Bruxas de 1990 optaram por seguir o final feliz, para agradar uma parcela maior do público.

A nova versão, contudo, consegue se manter mais fiel ao livro original e mantém o protagonista como camundongo. Com isso, ele terá por volta de 9 anos de vida pela frente e morrerá junto, ou pouco após a avó, o que chega a deixá-lo feliz no livro.

Um final bastante sombrio, mas que casa com o restante da história de Roald Dahl.

Assustadora transformação

Anne Hathaway é a grande atração do remake de Convenção das Bruxas. A atriz de Batman e O Diabo Veste Prada vive a maior bruxa do mundo.

Como muitos fãs já viram em prévias, a atriz passa por uma tremenda transformação. No filme, a bruxa da artista usa uma peruca loira.

Mas, como se sabe, as bruxas são carecas. O segredo é que Anne Hathaway não raspou a cabeça para isso.

A careca da atriz e o sorriso assustador de sua versão bruxa foram feitos pela maquiagem. Em um vídeo no Instagram, a famosa revelou como uma prótese foi feita para a personagem ganhar essa aparência.

“Todo mundo: É mágica! Eu:”, publicou a atriz, explicando o que acontece com a aparência dela.

Na vida real, Anne Hathaway não precisou mudar nada para participar de Convenção das Bruxas. Confira abaixo o vídeo do Instagram e imagens da versão assustadora da artista no longa.

Convenção das Bruxas está em exibição nos cinemas brasileiros – lembrando que há restrições por conta da pandemia do coronavírus (COVID-19).