O detalhe incrível que você não notou em Uma Invenção de Natal na Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma Invenção de Natal é o novo filme natalino da Netflix e conta com um detalhe que certamente irá passar despercebido por grande parte dos espectadores.

Em publicação no Twitter oficial da Netflix, a plataforma fez uma grande revelação sobre os locais que vemos no filme.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você sabia que todos os prédios em Uma Invenção de Natal levam o nome de famosos inventores e inovadores negros?”, diz o tuite.

“Só um dos incríveis detalhes revelados nessa visita ao set liderada por David E. Talbert, John Legend e o elenco de Uma Invenção de Natal”, continua a publicação da Netflix.

Com direção de de David E. Talber, Uma Invenção de Natal traz, no elenco, Keegan Michael Kay, Forest Whitaker, Madalen Mills, Hugh Bonneville, Anika Noni Rose, Phylicia Rashad, Lisa Davina Phillip e Ricky Martin.

Homenagem a Pantera Negra

Uma Invenção de Natal é uma adição surpreendentemente sólida para a grande tradição do cinema de Natal e se destaca do resto dos filmes de Natal originais da Netflix. E o musical, estrelado por Forest Whitaker como um inventor excêntrico e fabricante de brinquedos, tem uma homenagem afetuosa ao filme Pantera Negra do MCU.

Dado não apenas o envolvimento de Whitaker, mas também o compromisso do filme com a cultura negra, é uma ótima referência. O musical rapidamente saltou para o topo na Netflix.

Parte desse sucesso se deve aos grandes números musicais, escritos em parte por John Legend, que combinam caprichos festivos com coreografia da Broadway e ótimas performances de canto (incluindo Whitaker).

Como Crônicas de Natal antes dele, Uma Invenção de Natal tem uma chance real de se tornar um favorito do feriado.

O design de produção é tão impressionante e imaginativo que há um verdadeiro banquete de detalhes no musical, que pode passar despercebido graças aos cenários luxuosos em primeiro plano.

Mas um detalhe que se destaca é a comovente homenagem ao papel de Whitaker em Pantera Negra, que vem na forma de uma etiqueta de bagagem em uma caixa de seu personagem Jeronicus Jangle.

E há um significado duplo e mais profundo para a referência que vai além do trabalho de Whitaker em ambos os projetos. A referência aparece quando Jeronicus é mostrado abrindo um baú.

Ao lado, marcando o hábito passado assumido pelo inventor de viajar pelo mundo estão rótulos, incluindo um que diz “Wakanda, o Grande País”. É apropriado superficialmente porque Forest Whitaker tem estado muito em Wakanda graças ao seu papel como o ancião estadista Zuri, que apropriadamente protege a magia da erva em forma de coração de Wakanda.

E então há a ligação entre os projetos em termos de inventividade e excelência negra: em ambos os casos, os locais centrais são centros para invenções de sucesso mundial (embora em escalas diferentes), por isso é duplamente importante.

Mas, ainda mais crucial, a referência para Wakanda se encaixa no impulso criativo de David Talbert para fazer Uma Invenção de Natal.

Como a estrela Phylicia Rashad (que interpreta Vovó Journey) disse ao Vibe em uma entrevista, Talbert está trabalhando no musical há vinte e dois anos e o produto final é uma expressão do que ele tem de melhor.

Ela diz que mesmo que o elenco não soubesse da referência, o diretor a colocaria ali como uma expressão da “magia que nós, como pessoas, somos” mesmo depois de encerrada a filmagem.

Para Rashad, a referência a Pantera Negra de Talbert é outra parte do compromisso de Uma Invenção de Natal em celebrar as identidades negras de uma forma que muitos filmes simplesmente não fazem, particularmente no mundo dos musicais, e se encaixa na importância da cultura e da música negras para a experiência do filme.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio