Top Gun: Maverick dá continuidade ao clássico oitentista trazendo velhos e novos personagens ao mesmo tempo. Uma dessas novidades é o vice almirante Cyclone, vivido por Jon Hamm, o eterno Don Draper de Mad Men. Agora, o astro revelou que seu personagem terá confronto com o protagonista de Tom Cruise.

Em entrevista a Jesse Will, do Men’s Journal, Hamm falou sobre o que podemos esperar do seu personagem.

“Ele é tangencialmente relacionado a Viper. Ele não é uma figura paterna da mesma forma para Tom Cruise. Ele é o chefe do setor de caças. Ele tem muita autoridade e responsabilidade. Quando isso vai de encontro a Maverick, há atrito, como vocês podem esperar. Eu trago atrito”, disse o astro de Mad Men.


Com esses confrontos iminentes no filme, Jon Hamm ainda falou sobre Tom Cruise no set e não poupou elogios ao intérprete do protagonista de Top Gun: Maverick.

“Ele é 100% estrela de Cinema e 100% líder. Em Mad Men eu aprendi que se a pessoa no topo da cadeia alimentar se comporta de determinada maneira, então essa é a maneira como as outras pessoas vão se comportar”.

Tom Cruise está sempre pronto. Ele sempre está preparado. Sempre é pontual. Ele tem 900 coisas que você não sabe acontecendo ao mesmo tempo”.

“Mas isso nunca afeta o dia-a-dia no trabalho. Se há alguma pressão para atuar de certa forma, ou proteger o legado desse filme, então isso não ficou evidente”.

Tom Cruise inspira o elenco de Top Gun

Jon Hamm também deixou claro o quanto o entusiasmo constante de Tom Cruise acaba sendo passado para o restante do elenco.

“Dava para ver que ele estava se divertindo muito e esse entusiasmo passou para todo o elenco”.

“No meu primeiro dia no set, eu disse para Tom, ‘isso deve ser surreal para você. Tipo, você está literalmente no mesmo hangar, 30 anos depois. Com quase o mesmo figurino. Como você se sente?’. E ele diz, ‘cara, é surreal. Isso é legal demais'”, disse o astro de Mad Men.

Top Gun: Maverick, com Tom Cruise, chegará aos cinemas em julho de 2021.