Você já viu ator de Era Uma Vez um Sonho antes e não se lembra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Era Uma Vez um Sonho conta com dois nomes de peso: Glenn Close e Amy Adams, mas há outro ator que pode ser reconhecido por alguns espectadores. O filme da Netflix também é estrelado por Gabriel Basso, o J.D. Vance, que conta com alguns créditos em seu currículo.

Nascido em 11 de dezembro de 1994, Basso já apareceu em 22 filmes e séries, seu mais recente tendo sido justamente Era Uma Vez um Sonho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2009 ele apareceu em um episódio de iCarly, interpretando o Freddie falso. No mesmo ano ele teve seu primeiro papel creditado no Cinema, O Garoto do Alabama, no qual viveu Hal Mitchell.

Desde então ele estrelou produções como Eastwick: A Cidade da Magia, Super 8, Os Reis do Verão, The Big C e Versões de um Crime, estrelado por Keanu Reeves.

O ator de Era Uma Vez um Sonho atualmente não aparece listado em nenhum projeto futuro, mas certamente sua carreira deve continuar com força daqui para a frente.

Pior filme do ano?

Desde que as primeiras prévias de Era Uma Vez um Sonho foram divulgadas, muitos começaram a falar sobre possíveis indicações ao Oscar para Amy Adams e Glenn Close. O título do longa, contudo, é condizente com o que os críticos têm falado sobre o filme, que parece ser uma grande decepção.

Atualmente, o longa-metragem conta com 24% de aprovação no Rotten Tomatoes, com 51 críticas contabilizadas, o que não é nada bom para a obra da Netflix.

Jake Coyle, da Associated Press, escreveu: “Howard, um diretor bastante sensível criou um filme cheio de empatia, mas faltou uma visão mais ampla”.

Já Johnny Oleksinski, do New York Post escreveu em sua crítica: “Era Uma Vez um Sonho é uma série de escolhas ruins, ocasionalmente tomadas pelos personagens, mas a maior parte delas por Hollywood”.

Katie Rife, do AV Club, por sua vez, disse: “Era Uma Vez um Sonho simplesmente reforça os estereótipos que insiste em estar combatendo”.

Joanna Langfield, do The Movie Minute, pegou ainda mais pesado, dizendo: “Sim, eu fiquei acabada assistindo isso, mas não pelas razões certas”.

Realmente, parece que não será dessa vez que Glenn Close ou Amy Adams levarão a estatueta para casa.

Era Uma Vez um Sonho já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio