Invocação do Mal tem problema que ninguém comenta

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Invocação do Mal gerou vários filmes derivados, mas apenas a saga Annabelle faz sentido em comparação com as outras que vieram dela, como A Freira e A Maldição da Chorona.

Apesar do sucesso de cada filme da franquia, nenhum deles foi capaz de corresponder aos padrões dos filmes originais ou daqueles que apresentam uma das bonecas mais assombradas do mundo. Aqui está por que a trilogia Annabelle é a única saga derivada do universo de Invocação do Mal que faz sentido.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com base nos casos da vida real de Ed e Lorraine Warren, cada filme de Invocação do Mal investiga uma das assombrações ou possessões mais populares com que o casal lidou durante seus anos como investigadores paranormais.

Em 2013, Invocação do Mal estreou e detalhou a história da família Perron e da bruxa, Bathsheba Sherman, que supostamente atormentou sua casa. O filme traz um trecho de Annabelle, que prenuncia o que estava por vir na saga.

No ano seguinte, a primeira parte de Annabelle foi lançada e contou a história que levou os Warrens a tomar posse da boneca e abrigá-la em seu Museu Oculto.

Após o lançamento, suas análises foram bastante misturadas devido à sua incapacidade de ficar no mesmo nível de Invocação do Mal, mas isso não o impediu de se expandir com um prelúdio em 2017 e uma sequência em 2019.

No meio desses lançamentos, o universo de Invocação do Mal expandiu com Invocação do Mal 2, A Freira e A Maldição da Chorona.

Embora os filmes sejam a dramatização de eventos supostamente verdadeiros, apenas as franquias Invocação do Mal e Annabelle mantêm um senso de realismo por trás de sua criação.

A Freira meramente veio das breves aparições que Valek teve em episódios anteriores da franquia, bem como das histórias minuciosas em que Lorraine Warren relatou ter visto uma freira fantasmagórica.

A Maldição da Chorona não é baseado em nenhuma experiência da vida real que os Warren tiveram. É inspirado exclusivamente no folclore hispano-americano de uma mulher chorosa que procura crianças.

Existem várias razões pelas quais Annabelle é a única derivação sensata no universo de Invocação do Mal, especialmente considerando os laços diretos que a boneca tem com a família Warren, que serve como base para os filmes.

Os altos e baixos da franquia

Filmes de terror paranormais não precisam ser baseados em eventos reais, mas ajudam a reunir um público maior e estabelece um nível de medo que está enraizado na vida real.

Embora a mitologia e o folclore sejam elementos importantes para filmes como A Maldição da Chorona, isso não significa necessariamente que pertençam a um universo cinematográfico predominantemente baseado nos casos de Ed e Lorraine Warren.

Os Warren nunca encontraram o espírito da Chorona, portanto, não faz nenhum sentido lógico para fazer parte do universo de Invocação do Mal. Além disso, os eventos em A Freira não aconteceram na extensão que o filme retrata, o que leva a mais questionamentos sobre a validade da família Warren.

Os dois têm sido o centro da controvérsia por sua falta de apoio probatório de que os eventos detalhados ao longo de suas vidas como investigadores paranormais realmente aconteceram. Adições como A Maldição da Chorona e A Freira não ajudam em sua imagem geral.

Em relação a Annabelle, há muita verdade por trás dos mitos que eles revelam em Invocação do Mal e a trilogia atual.

A boneca Annabelle é de fato assombrada, pois muitas pessoas investigaram a história de Annabelle e descobriram quão válidas são as alegações dos Warren. Até mesmo Zak Bagans, famoso por Ghost Adventures, quer adquiri-la para sua própria coleção de bonecas mal-assombradas; ele afirma saber o quão poderosa é a entidade dentro dela.

Ainda mais do que ser o derivado mais verdadeiro, Annabelle é a personagem demoníaca mais bem estabelecido dentro do filme original e sua sequência.

Annabelle impactou a família Warren pessoalmente ao mirar em sua filha Judy, que é exibida em Invocação do Mal 2 e Annabelle 3: De Volta Para Casa. As instâncias que desencadearam a cadeia de eventos no filme original de 2013 estão até mesmo enraizadas na história da boneca.

Em última análise, a trilogia Annabelle é a única que faz sentido porque é baseada em eventos reais, ao contrário de A Freira e A Maldição da Chorona. Isso não o torna necessariamente melhor do que os outros no contexto das avaliações, mas sem dúvida teve um impacto nos elogios esmagadoramente positivos dos fãs do derivado.

Por causa disso, seria do interesse da série Invocação do Mal examinar casos semelhantes, conforme detalhado em Annabelle, se eles pretendem criar mais filmes derivados, pois este fator chave pode garantir o sucesso ou o fracasso dos futuros filmes da franquia.

Invocação do Mal 3 chegará aos cinemas em junho de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio