Mulher-Maravilha 1984, da DC, quebra plataforma de streaming

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mulher-Maravilha 1984 é o grande lançamento dos filmes dos quadrinhos em 2020. Isso se dá por conta de dois motivos.

Primeiro, é a aguardada continuação do longa da heroína da DC. Em segundo lugar está todo cenário da indústria do cinema.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os cinemas ao redor do mundo lutam para se manter com a pandemia do coronavírus (COVID-19). Enquanto isso, Mulher-Maravilha 1984 adotou uma estratégia diferente.

Nos EUA, o filme da DC foi lançado na HBO Max, plataforma de streaming do estúdio, e no cinema ao mesmo tempo. A experiência foi a primeira do tipo para um grande lançamento.

O que acontece é que o lançamento do dia 25 de dezembro trouxe problemas. Internautas mostraram que Mulher-Maravilha 1984 quebrou a HBO Max, possivelmente pelo elevado número de acessos.

“HBO Max quebra em apenas 15 segundos de Mulher-Maravilha 1984”, apontou um fã.

“Ok. O site do HBO Max quebrou ao esperar pelo filme da Mulher-Maravilha. Esperando de novo para ver”, comentou mais um.

“Como esperado, o HBO Max quebrou”, afirmou um terceiro.

“Isso é tudo que consigo”, mostrou outro com a tela carregando.

“Não está carregando? Qual é o problema?”, pediu mais um fã da DC para HBO Max. Confira abaixo as reações.

No Brasil, Mulher-Maravilha 1984 está no cinema

Mulher-Maravilha 1984 é bastante aguardado na nova fase da DC. Além de Gal Gadot, Chris Pine volta para o filme como Steve Trevor.

Um dos mistérios do longa é o retorno do personagem, ainda mais que a história da heroína da DC se passa décadas depois do primeiro filme.

O filme Mulher-Maravilha 1984 trará ainda os personagens Maxwell Lord (Pedro Pascal) e Mulher-Leopardo (Kristen Wiig). Os dois devem ser os principais desafios da heroína.

A direção é de Patty Jenkins.

Mulher-Maravilha 1984, ou Mulher-Maravilha 2, está em cartaz nos cinemas brasileiros. Vale lembrar sempre que a disponibilidade deve ser verificada em cada cidade por conta das orientações contra o coronavírus (COVID-19).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio