Ator de Velozes e Furiosos será vilão em Pinóquio, da Disney

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Disney tem muitos filmes e séries de alto nível sendo planejados nos próximos anos, incluindo um remake de Pinóquio em live-action. Com o lendário diretor Robert Zemeckis no comando e Tom Hanks escalado como Gepeto, o projeto já recrutou alguns pesos pesados ​​- e parece que outro logo fará parte disso.

De acordo com um novo relatório do Deadline, Luke Evans (Velozes e Furiosos 7) foi escalado como o Cocheiro na próxima versão em live-action do filme. Evans é mais conhecido entre os fãs da Disney por interpretar Gaston no remake de A Bela e a Fera, um papel que ele também deve reprisar em uma série de prelúdio da Disney.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sua filmografia também inclui O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, Velozes e Furiosos 7 e a minissérie Nine Perfect Strangers. No filme de animação original do Pinóquio, o Cocheiro é responsável por atrair crianças para a Ilha do Prazer, com o objetivo de se transformarem em burros e serem vendidas no Mercado Negro.

O personagem também apareceu nos filmes Gepeto e Era Uma Vez no Halloween, O Mundo Maravilhoso da Disney, O Point do Mickey e a atração da Disneylândia, Pinocchio’s Daring Journey.

O vilão da trama

A Disney confirmou que Pinóquio em live-action estava chegando ao Disney+ em dezembro de 2020, como parte da expansiva apresentação do Dia do Investidor. Hanks está contratado para interpretar Gepeto.

Outros membros do elenco e da equipe ligados ao projeto são desconhecidos. Embora a decisão de transferir Pinóquio para o Disney+ tenha sido considerada um tanto controversa para alguns, definitivamente poderia ajudar o projeto a encontrar um grande público.

No final de 2020, a Disney confirmou que o serviço de streaming ultrapassou 73,7 milhões de assinantes pagos, e o número deve crescer ainda mais.

“Mesmo com a interrupção causada pela COVID-19, fomos capazes de administrar nossos negócios de maneira eficaz e, ao mesmo tempo, tomar medidas ousadas e deliberadas para posicionar nossa empresa para um maior crescimento de longo prazo”, disse Bob Chapek, CEO da Disney, em comunicado na época.

“O verdadeiro ponto positivo tem sido nosso negócio direto ao consumidor, que é a chave para o futuro de nossa empresa, e neste aniversário do lançamento da Disney temos o prazer de informar que, no final do quarto trimestre, o serviço teve mais de 73 milhões de assinantes – superando de longe nossas expectativas apenas no primeiro ano.”

Ainda não há data de lançamento para a nova versão de Pinóquio, da Disney.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio