Atenção! Contém spoilers de Fragmentado.

Lançado em 2014, Fragmentado representou uma nova guinada na carreira do diretor M. Night Shyamalan. O filme de suspense e mistério foi disponibilizado recentemente pela Netflix, e já vem se destacando no Top 10 da plataforma.

Protagonizado por James McAvoy e Anya Taylor-Joy, Fragmentado conta a história de um homem com 24 personalidades diferentes que sequestra três adolescentes e as mantém como reféns em um bunker subterrâneo.

Uma das partes mais impressionantes do filme é sua cena pós-créditos, que faz referência à filmografia de M. Night Shyamalan.


Confira abaixo tudo sobre a importante cena!

Expansão de universo

No final de Fragmentado, a Besta escapa para a cidade de Philadelphia, Casey retorna à sua vida normal e Shyamalan revela a reviravolta mais importante de sua carreira.

Na cena pós-créditos, duas garotas discutem a sobrevivência de Casey e lembram que a Besta se parece como um antigo criminoso conhecido pelo povo da Philadelphia.

As jovens apenas conhecem o criminoso como “O Homem da Cadeira de Rodas”, mas não conseguem lembro de seu nome.

Nesse momento, Bruce Willis aparece e diz que o nome do vilão e Sr. Glass. É aí que o público percebe que Fragmentado é uma sequência de Corpo Fechado, filme de 2000 considerado um dos melhores da filmografia de M. Night Shyamalan.

Em Corpo Fechado, Bruce Willis interpreta David, um homem que sobrevive a um acidente de trem e descobre que tem super-poderes.

O protagonista descobre as habilidades por meio da liderança de Elijah, o dono de uma loja de quadrinhos interpretado por Samuel L. Jackson. O longa também revela que Elijah tem uma rara desordem que deixa seus ossos extremamente frágeis.

Também com super-poderes, Elijah causa desastres na cidade na esperança de encontrar alguém cuja força equilibre sua fragilidade. Estabelecendo-se como um super-vilão, o personagem é enviado para um manicômio e assume a alcunha de Sr. Glass.

A revelação surpresa deixou fãs do diretor em polvorosa! Na época do lançamento de Fragmentado, Shyamalan confirmou que o filme era uma expansão do universo de Corpo Fechado, e que a história chegaria ao fim com mais um projeto.

A continuação de Fragmentado foi intitulada Vidro, e chegou aos cinemas em 2019. O filme não está disponível na Netflix.