Robert Pattinson negocia para ser famoso serial killer, diz site

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Robert Pattinson pode estar em negociações para viver o serial killer H.H. Holmes, tido como o primeiro serial killer dos EUA.

The Devil in the White City é um filme que estava em desenvolvimento há anos. Leonardo DiCaprio comprou os direitos para adaptar o livro, de mesmo nome, em 2010, para que Martin Scorsese dirigisse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O livro conta a história do arquiteto Daniel Burnham e do assassino H.H. Holmes. Conforme o Scott Campbell, do We Got This Covered, Robert Pattinson pode estar em negociações para viver Holmes.

A notícia deve ser encarada, contudo, apenas como rumor, visto que The Devil in the White City pode ter se transformado em série da Hulu, em desenvolvimento desde 2019.

A reportagem prévia ainda disse que Martin Scorsese seria apenas produtor executivo do seriado, junto de Leonardo DiCaprio. Portanto, até o momento, não sabemos de Robert Pattinson viverá o serial killer.

Ex de Robert Pattinson sofreu ataques racistas

FKA Twigs relatou ter sofrido muito racismo durante seu relacionamento com Robert Pattinson.

A cantora começou a namorar o astro de Batman e Crepúsculo em 2014 e chegaram a ficar noivos no ano seguinte. Eles acabaram se separando, contudo, em 2017.

FKA disse que as pessoas mandavam para ela fotos de macacos nas redes sociais, chamando-a de coisas “dolorosas e ignorantes”.

“Foi realmente horroroso e acho que, na época, eu sentia que não podia falar sobre isso”, disse a cantora no podcast Grounded, de Louis Theroux.

“Sinto que se eu estivesse passando por isso agora, eu seria capaz de falar sobre isso e fazer algo de bom com tudo isso”, continuou FKA Twigs.

“Mas não sei se era por causa da minha idade, ou por causa do clima social, ou por ser negra e de Cheltenham, de uma família de baixa renda. Eu tive genuinamente de trabalhar dobrado em tudo para conseguir sentar-me à mesa”.

A ex de Robert Pattinson relatou os ataques racistas que sofreu nas redes e qual deveria ser a mentalidade desses abusadores.

“Ele era o príncipe encantado deles e acho que eles consideravam que ele definitivamente deveria estar com alguém branca e loira, não comigo”.

“As pessoas encontravam fotos de macacos fazendo as mesmas coisas que eu fazia”, continuou a cantora.

“Se eu estivesse usando um vestido vermelho, eles colocariam um macaco em um vestido vermelho, ou se eu estivesse em uma bicicleta, eles colocariam um macaco em uma bicicleta”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio