O The Sun afirma que a polêmica nos bastidores de Missão Impossível 7 não terminou. Como pode ser lembrado, Tom Cruise viralizou após ter um áudio vazado – nele, brigava com funcionários do filme que não estariam seguindo os protocolos por conta da pandemia do coronavírus (covid-19).

O jornal afirma que para manter a equipe dentro dos protocolos, o astro de Missão Impossível comprou dois robôs. As ferramentas ficariam cuidando dos membros do filme no set e ainda fariam testes de covid-19.

Tom Cruise está muito sério em seu empenho para evitar que as filmagens não sejam interrompidas novamente e investiu nos dois robôs para ter certeza que está todo mundo se comportando”, afirma o jornal.


Missão Impossível 7 já sofreu atrasos anteriormente por conta da pandemia. Tom Cruise, que tem outros projetos, parece estar realmente preocupado em terminar logo com o filme.

No áudio vazado, o ator parecia bastante bravo e até ameaçou demitir os membros que desrespeitassem novamente as orientações.

Missão Impossível 7 com Tom Cruise

Pela primeira vez na franquia, Missão Impossível usará dois filmes para contar uma mesma história. Com isso, o oitavo longa da série já está confirmado.

Caso isso não acontecesse, Missão Impossível 7 teria quase três horas de duração. A informação foi confirmada pelo diretor Christopher McQuarrie.

Christopher McQuarrie, inclusive, comanda os dois filmes. Assim, repete a parceria de sucesso com Tom Cruise.

O elenco terá ainda os nomes de Hayley Atwell (Agente Carter), Pom Klementieff (Guardiões da Galáxia), Shea Whigham (Agente Carter) e o retorno de Vanessa Kirby.

O papel de vilão do filme deve ficar com Esai Morales. O ator é conhecido por Titãs.

Com Tom Cruise, Missão: Impossível 7 chega em novembro de 2021.