Veja por que Top Gun 2 pode se tornar o maior filme de Tom Cruise

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Top Gun foi lançado em 1986 e até hoje é considerado um dos grandes filmes de ação dos anos 80. O longa original trazia Tom Cruise como Pete “Maverick” Mitchell, um jovem piloto da Marinha americana que treina para se tornar um especialista em combate aéreo.

Agora, mais de 30 anos depois, o filme vai ganhar uma sequência. Top Gun: Maverick vai trazer de volta Tom Cruise como protagonista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim como a de vários filmes lançados em 2020, a estreia de Top Gun: Maverick foi adiada devido à pandemia do coronavírus.

O novo longa tem tudo para se tornar o maior filme da carreira de Tom Cruise. O site Screen Rant explicou o motivo; confira abaixo!

Cenas eletrizantes

Tom Cruise vai gravar suas próprias cenas de ação em Top Gun: Maverick. Assim como em vários outros projetos de sua carreira, o astro dispensou a presença de dublês.

As acrobacias aéreas prometidas pelo trailer de Maverick podem tornar o filme o mais perigoso da carreira do ator – além de transformá-lo em uma grande obra do cinema.

O primeiro Top Gun usou efeitos práticos nas cenas aéreas, mas o elenco não se envolveu nas gravações.

A sequência muda tudo ao exigir que todos os atores participem das acrobacias aéreas, não apenas Tom Cruise. Mesmo assim, o astro permanece no centro da história, pronto para se arriscar nas manobras mais perigosa de todos os tempos.

No primeiro Top Gun, Cruise era uma figura relativamente nova em Hollywood. O ator não era conhecido por seu enorme esforço físico na gravação de seus filmes. Na verdade, nenhum membro do elenco de Top Gun conseguiu gravar em pleno ar.

Quando a equipe de produção do longa tentou gravar cenas dentro dos jatos F-14, quase todos os atores vomitaram, incluindo Cruise.

Agora, Cruise treinou com um piloto acrobático e desenvolveu ainda mais suas habilidades em franquias como Missão Impossível.

Um teaser do longa revelou que Tom Cruise pilotou sozinho um jato para o filme. Ao experimentar a gravidade 8G, o ator quase chegou a desmaiar.

Com o objetivo de evitar incidentes com vômito e náuseas, Cruise exigiu que todos os colegas de elenco participassem de um intenso treinamento de voo, praticado com permissão especial da Marinha Americana.

Infelizmente, a Marinha negou o pedido de Tom Cruise para pilotar um jato F-18, um dos mais modernos e poderosos do mundo.

Durante as filmagens do Top Gun original, o piloto Art Scholl acabou morrendo em um acidente fatal. Acrobacias aéreas são perigosas, e Tom Cruise está – aparentemente – tomando todos os cuidados necessários para criar um filme realmente impactante.

Top Gun: Maverick estreia em 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio