Vingadores: Ultimato tem grande mudança no final e ninguém sabia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Embora existam muitos momentos no MCU que mereceram aplausos, talvez o mais especial foi o que foi apelidado de “A cena do portal” em Vingadores: Ultimato.

Claro, havia algumas coisas que não faziam sentido em Vingadores: Ultimato, bem como alguns erros ridículos cometidos. Mas, na maior parte, existem alguns momentos verdadeiramente espetaculares no filme e “A cena do portal” foi definitivamente um deles.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, os fãs podem se surpreender ao saber que “A cena do portal” quase não apareceu no filme. Na verdade, o conceito original para o momento final quando o Capitão América fica sozinho contra Thanos e seus milhares de soldados parecia muito diferente do que vimos nos cinemas.

Graças ao SlashFlim, temos acesso a uma compilação reveladora de histórias orais da criação de Vingadores: Ultimato. Mais importante, sabemos qual foi a principal mudança no final do filme.

Final com várias alterações

Claro, todos nós amamos o momento “À sua esquerda”, quando Falcão voa de um portal de abertura, seguido por milhares de outros personagens do MCU. Mas o conceito original para a batalha final parecia bem diferente.

“O primeiro rascunho parecia em uma direção”, disse o co-escritor Stephen McFeely.

“Algumas partes são iguais. A nave aparece. Há uma grande explosão. Cria um novo campo de batalha, isso foi uma grande parte. Eles se separaram. Na primeira versão, eles estavam todos juntos, porque ainda não havíamos conseguido decifrá-la.”

Em suma, não havia aquele momento grandioso em que os Vingadores “se reúnem”. Na verdade, eles voltariam logo depois que Hulk estalou os dedos. E, por causa disso, matou o ímpeto do roteiro, de acordo com o co-escritor Christopher Markus.

No próximo rascunho, as coisas estavam um pouco diferentes e então eles descobriram exatamente como fazer isso.

“Na próxima versão, o portal foi praticamente como no roteiro, mas acontecia muito rapidamente”, afirmou o editor Jeff Ford.

“Também acontecia de uma maneira que estava acontecendo em torno de Capitão América. A mudança conceitual que fizemos foi que Capitão América experimentaria isso e veríamos do ponto de vista dele.”

“Então, a ideia de ouvir Falcão surgiu, e começa, e ele se vira, e pensamos: ‘Quem vai sair daí que será a pessoa mais importante? Quando essa batalha começar, quem você quer sair daí?’ E é como: ‘Oh, é Okoye, Shuri e Pantera Negra.’”

“Essa ideia foi algo que evoluiu à medida que falávamos sobre a sequência e criamos uma maneira de fazer isso, que exigia que fizéssemos algo como: ‘Bem, espere um minuto, agora é uma cascata de todos esses outros portais de outros lugares.’”

“E tivemos que modular com muito cuidado quem seria, sabendo que quando Capitão América vê o Homem-Aranha, essas são conexões de personagens que fazem sentido a partir das histórias anteriores, mas também, é o que o público também está ligando. Isso continua acontecendo e continua acontecendo.”

De acordo com o co-escritor Stephen McFeely, eles realmente filmaram “A cena do portal” algumas vezes.

“Na primeira vez, foi mais rápida”, disse Stephen.

“Foi muito poderosa e eu diria emocionante, tipo: ‘Caramba, eles estão de volta!’ E a música estava lá, e você partia por aí. Eu gostei muito, mas Joe e Anthony estavam absolutamente certos em refazê-la, porque nem todo mundo tinha sua cena de herói.”

“É como um filme clássico de Hollywood antigo onde as pessoas chegam para a cena e a multidão diz: ‘Esse cara está de volta!’ e você o ama por, tipo, cinco segundos. É isso que é agora.”

Vingadores: Ultimato, da Marvel, está agora disponível no Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio