Bohemian Rhapsody: Ator que quase foi Freddie Mercury parecia “espetacular” no papel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor David Fincher diz que Sacha Baron Cohen parecia espetacular nas fotos de teste como Freddie Mercury em seu filme biográfico abandonado.

Antes de Bohemian Rhapsody catapultar Rami Malek para a vitória do Oscar e ganhar centenas de milhões de dólares em todo o mundo, Cohen estava há muito tempo ligado a um filme de Freddie Mercury.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um projeto de paixão para o ator britânico conhecido pela comédia, vários diretores foram vinculados ao filme e presos num longo desenvolvimento, incluindo Fincher, que mais recentemente dirigiu seu projeto de paixão de 30 anos, Mank, para a Netflix.

Cohen, famoso por sua abordagem sem barreiras para qualquer personagem que interpreta, incluindo ícones da comédia como Ali G e Borat, queria que seu filme de Mercury fosse uma exploração severa do lado negro da vida de Freddie Mercury, e a decisão que acabou levando à sua morte por HIV/AIDS.

Ele deixou a cinebiografia de Freddie Mercury depois que ficou claro que os membros vivos da banda de Mercury, Queen, que possuem os direitos de sua história, não aceitariam isso.

O resultado foi Bohemian Rhapsody, um filme comercialmente bem-sucedido, mas, em última análise, uma versão “higienizada” de um momento crítico da história do Queen.

Agora, Fincher revelou ao colega diretor Aaron Sorkin, que escalou Cohen em seu próprio filme da Netflix, Os 7 de Chicago, que Cohen parecia “espetacular” como Freddie Mercury nas fotos de teste feitas para o projeto abandonado.

A dupla conversou no podcast The Director’s Cut (via Indie Wire), e Fincher perguntou a Sorkin se ele tinha visto as fotos, com este último dizendo que não. Fincher então diz que Sorkin “tem que” vê-las, pois ele acredita que elas são muito boas. Você pode ver sua citação completa no podcast abaixo:

“Cara, você tem que vê-las… essas fotos são espetaculares.”

Ator que quase viveu Freddie Mercury

A revelação de Fincher não é surpreendente, dado que Cohen tem uma semelhança com o icônico astro do rock. Apesar de ser muito mais alto, Cohen tem um rosto semelhante ao de Freddie Mercury e provou com Borat que pode ter o bigode icônico dos anos 80, preferido por Mercury ao longo da última parte de sua carreira.

Se a semelhança na aparência teria se traduzido em um trabalho sólido como Mercury é outro assunto, com certeza. Ainda assim, há poucas dúvidas de que Cohen, conhecido por transformar seu rosto para se disfarçar para seus papéis, teria ficado convincente no papel.

Muitos fãs acreditam que Cohen teria ficado melhor do que Malek, que foi ótimo no papel, mas era um pouco menor que Mercury e, na opinião de alguns, não tinha a grande presença de palco que Mercury naturalmente trazia para suas apresentações.

O comentário de Fincher também é um lembrete do que poderia ter acontecido com Bohemian Rhapsody se os membros vivos do Queen estivessem dispostos a seguir um caminho mais severo.

Com um diretor de drama de prestígio como Fincher, dirigindo um ator comprometido como Cohen, o filme teria sido afetuoso e sombrio, um forte contraste com o produto final.

No Brasil, Bohemian Rhapsody está agora disponível para compra ou aluguel no YouTube e Google Play Filmes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio