DC queria Wagner Moura como grande vilão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Mulher-Maravilha é uma das heroínas preferidas dos brasileiros. Porém, no cinema, a personagem da DC quase teve uma ligação ainda maior com o Brasil.

Com o lançamento de Mulher-Maravilha 1984, um fato interessante é relembrado. O ator brasileiro Wagner Moura foi convidado para fazer parte do filme da DC.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A informação foi divulgada ainda em 2018 pelo jornal O Globo. Na época, a publicação afirmou que Wagner Moura “recusou um papel de destaque” no filme.

Logo depois, foi revelado que Pedro Pascal, colega de Wagner Moura em Narcos, ficou com o papel. Assim, sabe-se agora que o filme da DC queria o brasileiro para ser o grande vilão da trama, Maxwell Lord.

Na época, um motivo para a recusa de Wagner Moura não foi revelado. O jornal apenas citou a possibilidade da agenda cheia.

Em 2020, ano de lançamento de Mulher-Maravilha 1984, Wagner Moura apareceu em dois filmes da Netflix. Os longas Sergio e Wasp Network: Rede de Espiões podem ser conferidos na plataforma de streaming.

Mulher-Maravilha 1984 na DC

Mulher-Maravilha 1984 é bastante aguardado na nova fase da DC. Além de Gal Gadot, Chris Pine volta para o filme como Steve Trevor.

Um dos mistérios do longa é o retorno do personagem, ainda mais que a história da heroína da DC se passa décadas depois do primeiro filme.

O filme Mulher-Maravilha 1984 traz ainda os personagens Maxwell Lord (Pedro Pascal) e Mulher-Leopardo (Kristen Wiig). Os dois são os principais desafios da heroína.

A direção é de Patty Jenkins.

Mulher-Maravilha 1984, ou Mulher-Maravilha 2, chegou aos cinemas brasileiros. O filme deve estar na HBO Max quando a plataforma chegar em junho.

Por hora, os fãs da DC podem ver o longa em plataformas digitais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio