Terá Kristen Stewart? Veja qual deve ser o próximo filme de Crepúsculo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se a saga Crepúsculo quer voltar para o cinema, a melhor maneira de fazer isso é com Vida e Morte e não Sol da Meia-Noite – aqui está o porquê.

Em 2005, Stephenie Meyer compartilhou sua visão única de vampiros e lobisomens no romance Crepúsculo, a primeira parte em uma série de quatro livros que seguem o romance frequentemente problemático entre o vampiro Edward Cullen e a mortal Bella Swan.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O casal encontrou vários obstáculos ao longo da série Crepúsculo, incluindo um coven conhecido como Volturi e matilhas de lobisomens, entre eles o melhor amigo de Bella, Jacob Black.

Como acontece com a maioria dos livros de fantasia que se tornam um sucesso, os livros de Crepúsculo deram o salto para o cinema três anos após a publicação do primeiro livro.

Crepúsculo apresentou Robert Pattinson como Edward Cullen e Kristen Stewart como Bella Swan, e embora tenha sido fortemente criticado, se tornou um sucesso ainda maior do que o romance, abrindo caminho para os livros seguintes também serem adaptados para o cinema.

A saga Crepúsculo chegou ao fim em 2012 com A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2, e o elenco mudou para outros projetos, com muitos deles sendo capazes de se livrar de sua reputação de Crepúsculo, enquanto outros optaram por ficar longe dos holofotes.

Em agosto de 2020, um novo livro que acompanha a série Crepúsculo foi lançado, e era uma história que os fãs esperavam há anos.

Intitulado O Sol da Meia-Noite, o livro é uma releitura de Crepúsculo, mas agora através dos olhos de Edward, o que deu aos leitores uma outra perspectiva dos eventos ao mesmo tempo que resolve algumas grandes questões deixadas pelo primeiro livro.

Naturalmente, as conversas sobre um possível filme de O Sol da Meia-Noite começaram, mas se a Saga Crepúsculo deve ser revivida, não deve ser revisitando a velha história agora com Edward como narrador, mas por meio de outro dos livros derivados de Meyer: Vida e Morte.

A versão alternativa de Crepúsculo

Vida e Morte: Crepúsculo Reimaginado foi publicado em 2015 e embora seja mais uma releitura do livro que começou tudo (e sua história infinitamente criticada e ridicularizada), esta se destaca porque é uma versão com gênero trocado, com Bella se tornando Beau Swan e Edward sendo Edythe Cullen.

A história é exatamente a mesma, mas dá um encerramento completo à história, não deixando espaço para sequências. Nele, Beau é mordido pela versão feminina de James, Joss, e o veneno toma conta dele rapidamente, deixando os Cullen sem escolha a não ser deixá-lo se tornar um vampiro.

Os Cullen então fingem a morte de Beau para sua privacidade, e ele continua seu relacionamento com Edythe.

Adaptar Vida e Morte é a maneira mais fácil de reviver a Saga Crepúsculo, pois requer que todos os personagens sejam reformulados. Trazer de volta o elenco original da saga não é mais uma opção, já que muito tempo se passou desde que A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 foi lançado, e todos eles seguiram em frente de maneiras diferentes.

Vida e Morte, embora conte a história com a qual todos estão familiarizados, daria um toque novo ao universo de Crepúsculo, e não requer sequências.

Os filmes de Crepúsculo, com Kristen Stewart e Robert Pattinson, estão agora disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio