Após polêmica, país bane filme da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2020, o filme Lindinhas causou polêmica ao ser lançado na Netflix. O drama foi acusado de promover a pedofilia.

As acusações por parte de internautas começaram por conta de um cartaz do filme, que coloca garotas menores de idade em roupas justas e poses sexualizadas. A Netflix se desculpou pelo material de marketing e lembrou que longa tinha um objetivo diferente do que as alegações afirmavam.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos grupos em diferentes países tentaram banir o filme. Agora, em 2021, o The Hollywood Reporter afirma que o governo turco fez a Netflix retirar o longa do catálogo no território.

Não apenas isso, o governo local conseguiu também retirar um episódio da segunda temporada de Designated Survivor. Na história, o presidente da Turquia pede a extradição de um líder da oposição.

O pedido para remoção foi feito a partir da RTUK, que monitora emissoras de TV, rádio e agora as plataformas de streaming no país.

Netflix defende filme

Na época que a polêmica surgiu em 2020, a Netflix respondeu as acusações, dizendo que o filme tece críticas à sexualização de crianças.

“É um filme ganhador de prêmios e uma poderosa história sobre as pressões que jovem garotas enfrentam nas mídias sociais e da sociedade em geral, enquanto crescem – encorajamos todos que se importam com essas questões a assistirem o filme”, disse um representante da Netflix.

Em um vídeo explicando por que ela fez o filme, a diretora Maïmouna Doucouré disse considerar a obra “um filme profundamente feminista, com mensagem ativista”, que é um “espelho da sociedade atual, um espelho que algumas vezes é difícil de se olhar”.

“Nossas garotas veem que quanto mais uma mulher é sexualizada nas redes sociais, mais bem-sucedida ela é. E as crianças imitam o que elas veem, tentando alcançar o mesmo resultado, sem entender o significado. E sim, isso é perigoso”, continuou a diretora e roteirista de Lindinhas.

“Aos 11 anos, Amy começa a se rebelar contra as tradições conservadoras da família e encontra seu lugar em um grupo de dança da escola”, diz a sinopse de Lindinhas.

Lindinhas está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio