Filha do criador dos Looney Tunes critica Space Jam 2

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Space Jam 2 se viu no meio de uma polêmica enorme ao cancelar a aparição de Pepe Le Gambá no filme, após o personagem ter sido acusado de promover a cultura do estupro. A filha do criador dos Looney Tunes criticou essa decisão.

Filha de Chuck Jones, Linda Jones, discorda que Pepe promova tal cultura. Conforme o TMZ, ela “discorda fortemente” disso e diz que os desenhos foram criados nos anos 1950, 1960 e 1970, quando o assédio sexual acontecia mais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela explicou que seu pai queria evidenciar os assediadores da vida real, ensinando as crianças que não é certo fazer as coisas que Pepe faz.

Os desenhos em si não chegavam a mostrar que Pepe estava errado, mas a cena em Space Jam 2 mostraria isso.

No filme, o personagem de Looney Tunes daria em cima de uma mulher de forma agressiva, apenas para receber um tapa na cara e um sermão dizendo que isso é errado.

Ligeirinho também não escapou

Outro personagem criticado pelo colunista do The New York Times, que criticou Pepe Le Gambá, foi Ligeirinho, que foi acusado de popularizar estereótipos sobre mexicanos.

“Alguns dos primeiros desenhos dos quais me lembro incluem Pepe Le Gambá, que normalizou a cultura do estupro; Ligeirinho, cujos amigos ajudaram a popularizar o estereótipo negativo de mexicanos bêbados e letárgicos”, escreveu Charles M. Blow no seu artigo.

O dublador do personagem em Space Jam 2, Gabriel Iglesias, foi logo em defesa de Ligeirinho. Chamando essa situação de “cultura do cancelamento”.

“Sou o dublador de Ligeirinho no novo Space Jam. Isso significa que eles vão tentar cancelar Fluffy também? Vocês não podem me pegar cultura do cancelamento. Sou o camundongo mais rápido do México”, tuitou o dublador de Ligeirinho, que também falou sobre seu outro alter ego, Fluffy.

Space Jam: Um Novo Legado está previsto para julho de 2021.

Enquanto isso, o primeiro filme está disponível na Netflix. Veja o tuite de Gabriel Iglesias, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio