Filme do Super Choque ganha importante novidade na DC

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O vindouro filme de Super Choque acaba de ganhar um roteirista, e Randy McKinnon, de Safety, receberá a responsabilidade. A notícia vem do Hollywood Reporter, enquanto o escritor do drama de futebol terá a chance de moldar Virgil Hawkins no cinema. Muitos fãs ficaram animados ao ouvir sobre o projeto decolando em 2020.

Até agora, Reginald Hudlin e Michael B. Jordan estão contratados para produzir o filme. Todo esse ímpeto ganhou força depois do DC FanDome em 2020. Hudlin estava em um painel com alguns dos outros criadores da Milestone Media, como Denys Cowan, Michael Davis e Derek T. Dingle.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator de voz do Super Choque nos Estados Unidos, Phil LaMarr, também estava presente nessa conversa. Um anúncio sobre o amado selo voltando para a DC Comics se transformou em uma celebração total para os fãs quando o assunto de um filme foi abordado.

Não é difícil ver o motivo. Super Choque se tornou um herói popular para muitas pessoas depois do seu desenho animado no começo dos anos 2000.

Filme em andamento

Hudlin disse na época: “Estamos conversando com outras divisões da Warner Bros., mesmo aquelas de animação, sobre fazer filmes da Milestone Media, e também estamos envolvidos em estender os personagens da Milestone para novas mídias, como podcasts com um série de histórias.”

“Queremos entregar Milestone Media em qualquer plataforma que você quiser.”

Simplesmente não seria certo falar em Super Choque sem o dublador original do personagem. Então, LaMarr comentou também.

“Virgil é o que eu sempre quis como um garoto dos quadrinhos enquanto crescia: o Homem-Aranha negro. Uma boa história em quadrinhos pode fazer você vivê-la, senti-la e, quando o faz, ressoa em um nível totalmente diferente.”

“Era um mundo tão real, e uma história texturizada removida da década de 1930”, disse LaMarr.

“Eu senti que foi desenhada por alguém que morava em um prédio onde eu poderia entrar. Tocou em arquétipos como um fã de quadrinhos que eu amava, mas também tocou em minha vida como um homem negro no mundo real.”

Ainda não há data de lançamento para o filme em live-action de Super Choque, da DC.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio