Filme fracassado de Nicolas Cage vira sucesso na Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste ponto, há filmes suficientes de Nicolas Cage que fracassaram durante seu lançamento inicial, só fazendo sucesso assim que chegaram ao streaming, para que devam ser considerados seu próprio gênero.

A última entrada neste panteão é Jiu Jitsu, um filme de ação de 2020 atualmente disponível na Netflix dos Estados Unidos. O filme mistura artes marciais e ficção científica para contar a história de um grupo de guerreiros de Jiu Jitsu que devem defender a Terra de uma força alienígena misteriosa e mortal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cage interpreta Wylie, um membro experiente desta ordem que ajuda Jake (Alain Moussi), um amnésico, a aceitar seu destino.

Quando o filme foi lançado em 2020, arrecadou pouco menos de US$ 100.000 na bilheteria global. Podemos dar uma folga ao filme nesse sentido, já que foi lançado durante a pandemia da COVID-19. Mas o filme também foi uma bomba com a crítica. No Rotten Tomatoes, só tem uma taxa de aprovação de 27% com críticos profissionais.

Dito isso, o filme tem um índice de aprovação do público de 71% e atualmente está sendo um sucesso na Netflix dos Estados Unidos. No momento em que este artigo foi escrito, Jiu Jitsu está entre os 10 filmes mais vistos nos Estados Unidos.

Há uma série de razões que podem explicar por que o público está migrando para esse fracasso de bilheteria e crítica. Claro, uma das suposições mais óbvias é a presença do próprio Nicolas Cage.

De acordo com seu diretor e colegas de elenco, Cage não trouxe apenas sua desequilibrada marca de atuação para o projeto. Ele também provou ser um trunfo para as intensas cenas de luta do filme.

Em entrevista ao The AU Review, o diretor de Jiu Jitsu, Dimitri Logothetis, falou sobre como Cage se envolveu no filme.

Ele explicou que Nicolas Cage inicialmente não estava livre para o filme, mas então “ele se tornou disponível porque o projeto foi adiado”. Isso acabou sendo uma bênção para Logothetis. O diretor elogiou o ator veterano, dizendo que ele “realmente abraça o gênero e teve uma atuação excepcional”.

Logothetis também revelou: “Além disso, ele treina jiu-jítsu, então ele era capaz de fazer 80% das suas próprias acrobacias.”

Embora nem sempre tenha a oportunidade de exibir suas habilidades em seus filmes, Cage é conhecido por treinar artes marciais, especificamente jiu-jítsu brasileiro (via Martian Arts & Action Movies).

Em uma entrevista separada com Inverse, Logothetis esclareceu: “Eu chamei um dublê apenas nas cenas que pensei que ele se machucaria.”

Compromisso com cenas de ação

Ao falar com o Looper, Moussi também elogiou o compromisso de seu colega de elenco com as muitas cenas de ação do filme. Ele disse que Cage estava ansioso fazer as sequências do jeito certo e até vinha treinar nos finais de semana.

“Ele foi diligente. Ele queria ser o melhor possível para filmar as cenas”, disse Moussi sobre a ética de trabalho de Cage.

Ele acrescentou: “Ele realmente queria ir e entender o que estava acontecendo para que ele fizesse sua própria apresentação depois, o que eu achei muito legal.”

Diferente dos Estados Unidos, Jiu Jitsu não está disponível na Netflix no Brasil. No entanto, o filme com Nicolas Cage pode ser comprado ou alugado através do YouTube ou Google Play Filmes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio