Nova Liga da Justiça parece estranha? Entenda o motivo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de uma longa espera e muita expectativa, Liga da Justiça de Zack Snyder finalmente chegou.

A nova versão do longa-metragem, apelidada de “Snyder Cut”, conta com 4 horas de duração e uma enxurrada de novas cenas em comparação com aquilo que foi exibido nos cinemas em 2017. Embora a base seja a mesma, o desenrolar do projeto desta vez é bastante diferente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que alguns fãs pode estranhar desde o início em Liga da Justiça de Zack Snyder é sua proporção de tela.

O filme se apresenta em uma proporção de 1.33:1, algo próximo do antigo enquadramento 4:3. Em outra palavras, existem “barras pretas” nas laterais.

Já dá para imaginar uma parte do público ficando muito confusa com essa proporção de tela, tentando “corrigi-la” com alguma configuração da televisão.

Mas espere: é melhor não causar nenhum tipo de distorção na tela. Isto porque a inusitada proporção de tela para um blockbuster foi pensada pelo próprio cineasta Zack Snyder.

O motivo para a proporção de tela

Em uma entrevista na JusticeCon em 2020, o diretor revelou o motivo para ter escolhido esse tipo de enquadramento.

“Em termos de composição, eu realmente me apaixonei por esse conceito. Os super-heróis, como figuras, tendem a ser menos horizontais.”

“Talvez o Superman seja horizontal quando está voando, mas quando está em pé, ele é mais vertical.”

“Tudo é composto e filmado dessa forma, e grande parte da restauração é uma espécie de tentativa de colocar de volta. Uma tentativa de colocar esses grandes quadrados de volta.”

Liga da Justiça de Zack Snyder foi lançado no HBO Max nos Estados Unidos, mas no Brasil está agora disponível em plataformas de streaming como Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio