Veja a verdade sobre Moxie que a Netflix não mostra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

Moxie: Quando as Garotas vão à luta apresenta uma história com uma revolução em uma escola. Tudo começa com um caso de machismo no cenário.

Com isso, uma tímida adolescente decide escrever uma espécie de revistinha escolar para denunciar a atitude. A inspiração surge da própria mãe da personagem principal, que também atuava como ativista na época dela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a Moxie, que se torna o título desse boletim de informações, Vivian e as amigas conseguem mudar muitas coisas na escola delas. Principalmente, se livram do diretor e do filho valentão, responsável por agressões contra as garotas.

O que os fãs da Netflix não sabem é que Moxie não é baseado em uma história real. Na verdade, o filme surge de um livro de mesmo nome escrito por Jennifer Mathieu.

A inspiração do livro, inclusive, é bem distante do que fãs imaginam. Publicado em 2017, Moxie: Quando as Garotas vão à luta foi criado a partir da visão de Jennifer com as eleições norte-americanas de 2016, antes de saber que Donald Trump venceria.

“Pessoas acham que foi uma resposta para o resultado da eleição, mas não foi o caso. Eu escrevi Moxie achando que Hilary Clinton ganharia. Quando a votação aconteceu, a história estava pronta. Eu lembro de ouvir perguntas na hora de pensar na divulgação, ‘Você acha que ainda precisamos de feminismo?’. Era de partir o coração por um lado, mas por outro, fez algo interessante sobre como o livro foi recebido”, declarou a escritora ao Houston Chronicle.

Outra inspiração em Moxie

Além dessa inspiração, a personagem Vivian também tem uma criação própria. Jennifer criou a protagonista de Moxie a partir de versões dela mesma.

A escritora lembrou da própria adolescência. Assim como a protagonista da Netflix, Jennifer tinha sua própria publicação na escola, voltada para o ativismo, e gostava de bandas do movimento punk feminista.

Desde a adolescência, a criadora de Moxie tinha um trabalho voltado para causa.

O elenco de Moxie: Quando as Garotas vão à Luta conta com Amy Poehler, Josie Totah, Marcia Gay Harden, Ike Barinholtz, Josephine Langford, Clark Gregg e Patrick Schwarzenegger.

O roteiro de Tamara Chestna é escrito ao lado de Jennifer Mathieu.

“Inspirada pelo passado rebelde da mãe e por uma nova amizade, uma adolescente tímida publica um texto anônimo que denuncia o machismo em sua escola”, diz a sinopse.

Moxie está na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio