Veja como DC se livra de problema com Henry Cavill, o Superman

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois que a versão de cinema de Joss Whedon para Liga da Justiça sofreu com a má remoção do bigode do Superman de Henry Cavill, o Snyder Cut corrige isso. Dizer que a versão lançada de Liga da Justiça teve problemas seria um eufemismo massivo. Claro, as razões para isso agora são bem conhecidas.

Apesar de ainda receber os créditos, muito do que o diretor Zack Snyder havia filmado foi descartado, e Whedon presidiu várias refilmagens. Tão diferente era a versão de Whedon da visão original de Snyder que o movimento “Release the Snyder Cut!” dos fãs nasceu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos maiores erros encontrados na versão de Whedon de Liga da Justiça, e um dos mais notáveis, envolveu a remoção por CGI realmente desleixada do bigode de Henry Cavill. Embora Superman obviamente não tenha bigode, o contrato de Cavill com outro estúdio o impediu de raspar os pelos faciais.

Isso levou a cenas de aparência estranha em que o lábio superior do Superman parecia visivelmente editado, criando um efeito quase assustadoramente falso. A má qualidade da remoção do bigode em Liga da Justiça rapidamente se tornou motivo de chacota entre os fãs da DC.

Felizmente, como pode ser visto em todas as filmagens de Liga da Justiça de Zack Snyder lançadas até agora, o Snyder Cut não vem com problemas relacionados à preparação pessoal do Superman.

Por que o Snyder Cut foi capaz de realizar esse feito, enquanto Whedon lutou para remover o bigode de Cavill? A resposta é simples: literalmente não foi um problema.

A polêmica remoção do bigode com CGI

A razão de o Superman de Henry Cavill estar sem bigode e sem CGI terrível em seu lábio superior na versão de Snyder de Liga da Justiça é que todo o seu material na nova edição foi gravado durante o tempo original de Snyder dirigindo a produção.

A única razão pela qual Cavill teve um bigode para se preocupar durante o Whedon Cut é que a Warner Bros. optou por meses de refilmagens dirigidas por Whedon após Cavill já ter começado a filmar seu papel de vilão em Missão: Impossível – Efeito Fallout.

O contrato de Cavill com a Paramount significava que ele não poderia raspar o bigode espesso e característico de seu personagem, e o estúdio se manteve firme.

Com Zack Snyder tendo extirpado cada pedaço das filmagens feitas por Whedon de sua versão de Liga da Justiça, o bigode não-kryptoniano de Cavill não é mais um problema. Será apenas uma das muitas melhorias aguardadas para o corte de cinema amplamente criticado que Liga da Justiça de Zack Snyder faz em seu produto final.

Embora pareça que os verdadeiros planos de longo prazo de Snyder para a DC nunca serão totalmente realizados, pelo menos os fãs agora receberão o filme que deveriam ter recebido em 2017, agora sem a remoção do bigode por CGI.

Liga da Justiça de Zack Snyder, da DC, estreia em 18 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio