Alma de Cowboy: A verdade por trás do filme da Netflix

A verdadeira história que inspirou o novo sucesso da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Por Marcel
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que estreou na Netflix, Alma de Cowboy, tem feito sucesso na mesma proporção que tem levantado discussões, o filme é baseado em fatos reais, e foi inspirado no livro Ghetto Cowboy de Greg Neri, que mostrou ao público, a cultura da Filadélfia de cavalgadas urbanas.

O filme conta a história de Cole (Caleb McLaughlin), um jovem rebelde que depois de se envolver em brigas na escola, é levado para morar com seu pai, Harp (Idris Elba), onde ele apresenta ao filho a cultura dos cowboys.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muito tem se falado sobre o filme, pela importância que o verdadeiro Fletcher Street Urban Riding Club, tem para a comunidade negra da Filadélfia historicamente, por se tratar de um clube de equitação sem fins lucrativos.

O diretor e co-roteirista do filme, Ricky Staub, que é da Filadélfia, fez questão que tudo fosse bem retratado no filme, e tanto ele quanto Elba se envolveram com a comunidade.

Staub, Elba e a Comunidade

Ricky Staub se inspirou para escrever o roteiro, quando ele presenciou um homem em um tribunal, prometendo que iria se reabilitar comprando um cavalo, intrigado com aquela situação, o diretor seguiu o homem, e acabou se deparando com o bairro onde fica o clube de equitação.

Já Idris Elba, havia tido contato com os cowboys urbanos da Filadélfia, há alguns anos, quando ele estava procurando por músicos na cidade.

Quando o ator viu pela primeira vez um cowboy negro em uma área urbana, ele teve uma sensação que não conseguiu explicar, e quando recebeu o roteiro da produtora e viu que Staub o havia escrito com tanto amor, ele logo aceitou o papel.

Elba falou sobre o filme ao jornal The Philadelphia Inquirer: “Alma de Cowboy era realmente mais um documentário do que um filme”.

“A comunidade estava super animada com a nossa presença, mas eles não iriam permitir que nós tornássemos a produção hollywoodiana, eles garantiram que estivéssemos lá para retratá-los com veracidade”.

Staub fez questão de chamar cowboys de verdade para o filme.

Uma história de pai e filho

Apesar dos personagens protagonistas, Cole e Harp, serem ficcionais, é na história deles, que mora a realidade do filme.

A inspiração que Staub teve para criar os personagens, veio de sua vivência com a comunidade, Harp é duro com seu filho, justamente porque se enxerga nele quando era mais jovem, e percebe que o filho não alcançará seu potencial na vida, se não mudar seu comportamento.

Da mesma forma que o Fletcher Street Urban Riding Club, visa ajudar aos mais necessitados, dando a eles uma ocupação e até uma nova chance na vida, no final das contas é uma história de amor ao próximo, oportunidade e recomeço.

Alma de Cowboy está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio