Filme que mistura terror e pornô surpreende fãs da Netflix

Saiba tudo sobre a ousada trama de Cam

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix é uma das plataformas de streaming mais abrangentes do mercado, e conta com filmes e séries para todos os gostos. A empresa também se destaca por disponibilizar diversos longas de terror e suspense, além de projetos com diversas cenas eróticas.

Um lançamento da plataforma, em especial, mistura o gênero do terror com elementos conhecidos por fãs de pornografia. O resultado é uma aventura bizarra e completamente insana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Explicamos tudo que você precisa saber sobre o aterrorizante filme Cam, que já fez grande sucesso na plataforma e até hoje se destaca em listas dos longas mais assustadores da Netflix.

Confira abaixo!

A trama de Cam

Cam fez sucesso na Netflix ao apresentar ao público uma premissa bastante simples, e ao mesmo tempo muito criativa: “e se elementos do terror invadissem o mundo dos shows eróticos da internet?”

O filme de terror psicológico foi lançado inicialmente em 2018, recebendo ótimas críticas no Fantasia International Film Festival e sendo distribuído internacionalmente pela Netflix.

Cam foi dirigido por Daniel Goldhaber e escrito por Isa Mazzei, baseando-se nas experiências pessoais da roteirista como camgirl.

Se você não sabe, camgirls são mulheres que fazem shows eróticos virtuais em salas de bate papo ou em sessões exclusivas para assinantes.

O filme acompanha a história de Alice Ackerman, uma jovem que trabalha como camgirl (com a alcunha de Lola) e luta acima de tudo para figurar no Top 10 de seu site. Mas a protagonista tem escrúpulos, e não aceita fazer “de tudo” para subir no ranking.

Alice começa então a se envolver em uma jornada de loucura e violência quando uma mulher idêntica a ela toma controle de seu canal e começa a produzir vídeos cada vez mais desconcertantes.

A protagonista então luta para entender o que está realmente acontecendo: seria um clone? Um vídeo de deepfake? Algum tipo de inteligência artificial? Ou quem sabe um demônio ou espírito vingativo?

Cam é protagonizado por Madeline Brewer. Fãs da série The Handmaid’s Tale conhecem a atriz como a intérprete da desequilibrada Janine.

A recepção de Cam

Em um cenário cada vez mais saturado de filmes de terror e suspense, Cam se destacou por sua premissa criativa, atuação sólida e conclusão satisfatória.

O filme conta com 93% de aprovação no Rotten Tomatoes, com uma média de 7.15/10 nas resenhas do público – o que indica aclamação geral.

“Esperto e cheio de suspense, Cam é um techno-thriller que representa muito mais que suas partes eróticas”, comentou o consenso crítico do site.

A performance de Madeline Brewer como a protagonista Alice-Lola também foi muito elogiada pela crítica especializada.

“A atuação de Madeline Brewer é tão espetacularmente comprometida, que consegue dar veracidade a esse bizarro pesadelo tecnológico”, afirma o site de Roger Ebert.

Em seu núcleo, Cam traz uma importante pergunta dos tempos atuais: como é perder sua identidade na internet? E com isso, o filme representa um pesadelo bem maior do que qualquer episódio de Black Mirror.

Cam está disponível na Netflix. Veja o trailer legendado abaixo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio