Netflix traz mãe caçando assassino da filha; veja o trailer

Why Did You Kill Me retrata o caso de Crystal Theobald

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix continua investindo nos seus documentários e Why Did You Kill Me promete ser bem instigante. A obra gira em torno da caçada de uma mãe pelo assassino da sua filha.

O trailer do documentário foi divulgado no Twitter oficial da Netflix e traz testemunhos da mãe de Crystal Theobald, que foi baleada na rua.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jovem tinha apenas 24 anos. A mãe, Belinda Lane, prometeu encontrar o assassino da filha.

A tragédia ocorreu em 2006, na cidade de Riverside, Califórnia, nos EUA. Por 10 anos a mãe seguiu sua investigação.

“Depois que sua filha foi assassinada, uma mãe criou um perfil falso no MySpace para caçar o assassino”, diz o tuite da Netflix.

Why Did You Kill Me estreia em 14 de abril, na Netflix.

Ator é preso por golpe milionário envolvendo a Netflix

Zachary J. Horwitz, conhecido como Zach Avery, foi preso em Los Angeles por sua conexão com um golpe que envolve a Netflix e HBO. O esquema Ponzi gerou prejuízo de mais de US$ 227 milhões (por volta de R$ 1,2 bilhão na cotação atual) aos investidores.

Segundo reportagem do Los Angeles Times, que cita o FBI como fonte, o ator fabricou acordos de licenciamento com Netflix, HBO e outras plataformas. Ele deveria distribuir filmes dessas plataformas internacionalmente por meio da 1inMM Capital LLC.

John Verrastro, agente do FBI, disse que Zach Avery usou os investimentos na empresa como fundo pessoal. Ele chegou a usar parte do dinheiro para comprar sua casa em Los Angeles, atualmente sendo vendida por US$ 6,5 milhões.

A 1inMM Capital LLC foi fundada em 2013 com a proposta de distribuir filmes em inglês na América Latina. Em 2015, Horwitz enviou um relatório anual dizendo que a empresa “adquiriu e distribuíu com sucesso 49 filmes por meio do banner 1inMM Capital sem incorrer em uma única perda no processo”.

Aos investidores foi prometido retorno de até 40% dentro de um ano, conforme o FBI. Zach Avery chegou a inventar trocas de emails com executivos da Netflix e HBO justifcando atrasos.

“Na realidade, nem Horwitz [Avery] nem a 1inMM Capital se envolveram em conversas por e-mail com a Netflix ou HBO, nem Horwitz [Avery] ou a 1inMM Capital jamais tiveram qualquer relação comercial com a Netflix ou HBO”, declarou Verrastro.

Com isso, o ator deve mais de 160 pagamentos, totalizando US$ 227 milhões em dívida com os investidores. Ele enfrenta acusações de fraude eletrônica. Foi definida a fiança de US$ 1 milhão e Horwitz está detido até que ela seja aprovada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio