Pixar terá primeira personagem trans

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Pixar terá sua primeira personagem transgênero em vindouro projeto de animação. O estúdio da Disney já começou a busca pela dubladora da personagem Jess, descrita como uma garota trans de 14 anos.

O anúncio foi compartilhado pela organização Trans March, no Twitter. Foi deixado claro que entraram em contato com o responsável pelo elenco do filme.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na chamada de elenco, a Pixar diz que procura por alguém que possa fazer a voz de alguém jovem para um projeto “vindouro”. Não é confirmado se será um curta-metragem, ou longa.

“A personagem, Jess, é uma garota transgênero de 14 anos. Ela é compassiva, engraçada e sempre te apoia”, diz a descrição da personagem.

O estúdio da Disney está em busca de atrizes entre 12 e 17 anos que possam “autenticamente interpretar uma garota trans de 14 anos”, sugerindo que o papel pode ir para uma atriz trans.

Animação da Disney superou bilheteria de Vingadores: Ultimato

Quando Vingadores: Ultimato estreou em 2019, se tornou um esmagador sucesso de público.

O filme da Marvel arrecadou quase US$ 2,8 bilhões mundialmente. Superou brevemente Avatar como a maior bilheteria de todos os tempos, embora este tenha retomado o primeiro lugar recentemente.

Mas você sabia que, num certo sentido, a bilheteria de Vingadores: Ultimato não foi tão impressionante quanto a de um antigo clássico da Disney?

Estamos falando de 101 Dálmatas. Isso mesmo, a animação sobre os adoráveis dálmatas que têm sua vida infernizada pela vilã Cruella de Vil.

Quando a animação da Disney estreou em 1961, teve uma recepção tão boa do público que arrecadou US$ 14 milhões, um valor impressionante para a época.

O sucesso fez com que a Disney relançasse 101 Dálmatas nos cinemas várias vezes, em anos como 1969, 1979, 1985 e 1991. Esses relançamentos fizeram com que a animação chegasse a uma arrecadação mundial de US$ 303 milhões, o que hoje em dia equivale a cerca de US$ 900 milhões, com o valor ajustado para a inflação.

Fica ainda mais surreal quando você lembra que, naquela época, os ingressos eram bem mais baratos.

Ou seja, de acordo com o Looper, embora os US$ 900 milhões de 101 Dálmatas não cheguem perto dos mais de US$ 2 bilhões de Vingadores: Ultimato, a animação na verdade vendeu mais ingressos e levou mais pessoas ao cinema. Algo surpreendente de se pensar atualmente.

No Brasil, os filmes da Disney estão agora disponíveis no Disney+.



Você quer ver essa e mais produções da Marvel, Star Wars, NatGeo e Pixar? Clique aqui para assinar o Disney+

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio