Rocky: Stallone revela destino sombrio para Ivan Drago

Filmes da amada franquia estão na Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O fim de Rocky IV poderia ser muito mais sombrio. O filme marca o confronto do boxeador de Sylvester Stallone contra Ivan Drago.

Durante o longa, Drago mata Apollo Creed. Isso leva Rocky de volta aos ringues para derrotar o oponente soviético.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a luta, os fãs apenas percebem que Drago foi rejeitado pelos superiores. Em Creed 2, em que o boxeador volta como treinador do filho, é revelado que ele caiu em fracasso após a derrota.

Em 2010, ao Cool News, Stallone revelou um destino sombrio para Drago. A linha seria a mesma de Creed 2, mas o boxeador soviético acabaria morto.

“Eu imaginava que poderia voltar para Rússia onde ele é colocado em uma posição de desgraça, em que ele acaba perdendo para o alcoolismo e tira a própria vida”, imaginava Sylvester Stallone.

Com o surgimento de Creed, a ideia mudou. Drago voltou mais uma vez para tentar manchar o legado de Rocky.

Outro personagem sumido

Nas aventuras de Rocky, outro personagem bastante interessante é introduzido no quinto filme: Tommy Gunn. Mas afinal de contas, o que acontece com Tommy Gunn após seu sumiço da franquia? O site Screen Rant falou sobre o assunto.

Após o bombástico Rocky IV, lançado em 1985, Sylvester Stallone optou por retornar às raízes do boxe na sequência Rocky V.

O filme traz o personagem de Stallone aposentado e pobre após seu confronto com Ivan Drago. Procurando retornar ao mundo do esporte, Rocky se torna o treinador do promissor boxeador Tommy Gunn e depois sofre uma grande traição.

Rocky V é considerado o pior filme da franquia, inclusive pelo próprio Stallone. O tom melodramático do longa não agradou os filmes da série, e o astro teve que voltar em 2006 para garantir o legado da produção.

Originalmente, Stallone queria matar Rocky após uma briga de rua com Gunn. O estúdio, por outro lado, decidiu que o personagem era icônico demais para morrer em um momento tão aleatório.

Em Rocky V, Tommy Gunn foi interpretado por Tommy Morrison, um boxeador da vida real. Infelizmente, o atleta e ator faleceu em 2013 após sofrer um ataque cardíaco.

Em uma entrevista em 2010, Stallone revelou o destino de Tommy Gunn na saga de Rocky.

“O Tommy Gunn seria exposto como um projeto que nunca daria certo, e ele eventualmente sucumbiria à vida de um lutador medíocre. Provavelmente viajaria pelo país se transformando no Tommy ‘Boom Boom’ Gunn, um lutador de segunda categoria que se apresentaria exclusivamente no meio-oeste americano em espetáculos de terceiro nível”, afirmou o astro.

Stallone pintou um futuro bastante triste para Tommy Gunn. Por isso, e pela morte do intérprete original, o personagem nunca deve retornar em Creed ou em outras continuações da franquia.

Creed 2 eventualmente trouxe de volta Ivan Drago, e mostrou um aspecto até então desconhecido e bem mais humano do lutador soviético.

Todos os filmes da franquia Rocky estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio