Sexo, crime e cenas lésbicas: você precisa conhecer ESTE filme da Netflix

Ride or Die chegou a Netflix em 15 de abril; veja o que esperar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix Brasil lançou em catálogo no dia 15 de abril o filme Tudo por Ela (Ride or Die), um drama lésbico japonês. O filme promete impressionar o público, já que mistura elementos de diferentes gêneros – além do drama, há muito romance, suspense e crime.

Tudo por Ela (Ride or Die) foi baseado no mangá Gunjo, criado por Ching Nakamura, que não é muito popular no Brasil mas teve muito reconhecimento no Japão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produção japonesa

Na trama, Rei (Kiko Mizuhara) nasceu e foi criada em uma família rica. Ela viveu uma vida decente. Um dia, ela é contatada por Nanae (Honami Sato). Rei estava apaixonada por Nanae quando ela era uma estudante do ensino médio.

Rei e Nanae se encontram pela primeira vez em 10 anos, mas Rei fica chocada com a aparência de Nanae.

Todo o seu corpo está coberto de hematomas devido aos abusos físicos do marido. Nanae tem pavor do marido. Rei convence Nanae de que seu marido deve desaparecer e Nanae pergunta: ‘Você o mataria?’.

Tudo por Ela (Ride or Die) foi dirigido pelo cineasta japonês Ryuichi Hiroki. Nami Yoshikawa desenvolveu o roteiro, com base no mangá de Ching Nakamura.

O mangá

O mangá original completou três volumes entre 2007 e 2012. Trata-se de um conto sobre empoderamento feminino, abordando os problemas psicológicos de suas personagens. Com muitas falhas nas personagens, a obra segue a popularidade de obras que desenvolvem suas protagonistas similarmente, como Fleabag e I May Destroy You.

O mangá foi amplamente elogiado e é famoso no meio LGBTQIA+.

Tudo por Ela (Ride or Die) já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio