Você precisa ver ISSO antes de assistir Sem Remorso no Amazon Prime

Filme com Michael B. Jordan traz história de vingança e guerra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Amazon acaba de lançar Sem Remorso, baseado no best-seller homônimo de Tom Clancy. O filme de ação e guerra é protagonizado por Michael B. Jordan, e deve agradar fãs com elementos parecidos com os de sucesso como Rambo, entre outras franquias do cinema.

Lançado originalmente em 1993, o livro de Tom Clancy se inspirou em “Primeiro Sangue” para humanizar inúmeros veteranos da Guerra do Vietnã, os quais eram vistos pelo autor como vítimas de negligência do governo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filme é uma história de vingança que, segundo o site Looper, está causando polêmica com o público por sua perspectiva política.

O site falou tudo sobre o assunto; confira a história abaixo!

A trama de Sem Remorso

Nessa atualização da trama de Tom Clancy, John Clark não é mais um veterano do Vietnã, mas um fuzileiro naval lutando em uma região da Síria devastada pela Guerra Civil.

Três meses após resgatar um agente da CIA de forças militares russas, a esposa do protagonista John Clark é assassinada na própria cama do casal. John também recebe um tiro, mas consegue matar um dos criminosos antes de escapar.

O personagem é o último de uma série de figuras militares a ser atacada por forças do país, o que deixa o relacionamento entre a Rússia e os Estados Unidos ainda mais tenso.

Enquanto John se recupera no hospital, o agente da CIA Robert Ritter (Jamie Bell), o Secretário de Defesa Thomas Clay (Guy Pearce) e a ex-fuzileira Karen Greer (Jodie Turner-Smith) discutem ações para evitar uma guerra entre os dois países.

Após deixar o hospital, John Clark começa uma jornada violenta de vingança, explodindo o carro de um diplomata russo em plena luz do dia. O protagonista é enviado para a prisão, mas consegue escapar e planejar mais atos de retribuição.

A polêmica de Sem Remorso

Os vilões dos filmes da Marvel eram considerados na maior parte das vezes apenas detalhes das tramas dos heróis. No entanto, a atuação de Michael B. Jordan como Killmonger em Pantera Negra conseguiu conquistar o público e criar um alto grau de empatia com a audiência.

A maioria dos fãs do MCU conseguem ver motivações justas nos ideais de Killmonger, embora não concordem com seus métodos de atuação.

A recepção de Pantera Negra pelos fãs pode ter sido considerada pelos roteiristas Taylor Sheridan e Will Staples na construção da trama de Sem Remorso, de acordo com a matéria publicada no site Looper.

O protagonista John Clark é um herói propriamente dito, mas também toma atitudes bastante violentas, permitindo assim um senso de moralidade ambígua para o público.

Por outro lado, enquanto as obras de Tom Clancy são conhecidas pelo realismo técnico com o qual mostram operações militares, o mesmo não pode ser dito para Sem Remorso.

A cena de guerra introdutória do longa é apenas uma fantasia, oferecendo desculpas para Michael B. Jordan mostrar suas habilidades de luta, assim como aconteceu na franquia Creed.

Em outro momento do filme, o protagonista luta sem camisa contra um grupo de policiais. A cena é extremamente desnecessária, e parece ter sido produzida apenas para mostrar o físico invejável do astro.

No final das contas, seguindo o site Looper, Sem Remorso representa a “Hollywoodificação” dos conflitos, sem apresentar um comentário sobre a ideologia confusa que leva jovens a lutar em guerras espalhadas pelo mundo para a manutenção do status quo.

Sem Remorso está disponível na Amazon Prime.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio