A Mulher na Janela: 4 coisas que o filme não vai te responder

Longa com Amy Adams terminou sem resolver alguns mistérios

Publicado em 5/18/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Mulher na Janela é um thriller psicológico dirigido por Joe Wright – cineasta conhecido pelo filme Orgulho e Preconceito –, baseado no livro de mesmo nome escrito por A. J. Finn. Protagonizado por Amy Adams, o filme mal estreou e já está sendo detonado pela crítica especializada.

Mesmo falhando em conquistar os críticos de cinema, A Mulher na Janela está fazendo sucesso com a audiência da Netflix, estabelecendo-se no Top 10 de filmes mais assistidos na plataforma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o site Screen Rant, o filme terminou sem responder algumas questões essenciais sobre a trama!

Confira abaixo 4 coisas que A Mulher na Janela não responde!

A agorafobia de Anna

Anna, a personagem de Amy Adams, toma diversas medicações após uma tentativa de suicídio que acontece antes dos eventos do filme. Os traumas do passado da protagonista explicam sua depressão e vício em álcool, mas a raiz de sua agorafobia não é abordada.

O livro em que o filme se baseia explica claramente que a agorafobia de Anna é um resultado direto do que aconteceu após as mortes de Ed e Olivia, já que a personagem fica perdida na neve por dois dias – e fica com medo de sair de casa após o traumático evento.

Allistar e Jane Russell

Allistar e Jane Russell são os maiores enigmas de A Mulher na Janela. Quando Anna conhece Katie, rapidamente assume que a personagem de Julianne Moore é Katie. O casal original, principalmente Allistar, continua a intimidar Anna em qualquer oportunidade.

Eles fazem isso pois o filho Ethan é um assassino, e a família tenta impedir sua captura. Ethan acaba morto por Anna no final do filme, e alguém teria que responder por seus crimes, possivelmente Jane ou Allistar. O filme, no entanto, não revela o que aconteceu com a família no final, apenas que o casal seria interrogado pela polícia.

Por que David mente para a polícia?

No final de A Mulher na Janela, David revela que dormiu com Katie antes dos eventos do filme. Anna vai à polícia afirmando que sua vizinha foi morta, e os agentes visitam a casa da protagonista e interrogam Anna e David.

David trabalhava para os Russells, então conhecia intimamente a família. Mas ele escolhe não ajudar Anna, deixando a personagem parecer louca na frente da polícia. O filme não explica exatamente por que o personagem de Wyatt Russell tomou essa decisão – talvez para evitar que a polícia descobrisse seu passado criminoso.

O que acontece com Anna?

Nos momentos finais de A Mulher na Janela, Anna é finalmente curada de sua agorafobia. Ela passa um tempo no hospital após seu confronto com Ethan, e após deixar a internação, decide vender a casa e começar uma nova vida.

A personagem também parece estar mais saudável que em outros pontos do filme, o que leva o público a crer que Anna conseguiu controlar também seu vício em álcool.

O filme termina com Anna e seu gato Punch em um táxi, rumo a um destino desconhecido. Mas para onde ela está indo? A protagonista não parece ter amigos e não menciona outros familiares além de Olivia e Ed.

O final da personagem ficou em aberto possivelmente para mostrar ao público que Anna, após superar seus medos, têm um mundo de possibilidades à disposição.

A Mulher na Janela está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio