Anúncio da Netflix sobre 365 DNI não é bom

Filme erótico garantiu a produção de duas sequências após grande sucesso

Publicado em 22/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2020, 365 DNI se destacou como um dos filmes mais polêmicos – e assistidos – da Netflix! Inspirado na série de romances eróticos de Blanka Lipinska, o filme polonês fez grande sucesso na Europa antes de ser disponibilizado pela plataforma nas Américas.

365 DNI conta a história de Laura Biel, uma jovem que sai de férias para Sicília com o namorado e amigos. No segundo dia da viagem, em seu aniversário de 29 anos, Laura é sequestrada pelo chefe de uma família da máfia siciliana, o jovem Massimo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com um passado marcado pela morte e violência, ele tenta fazer Laura o amar no período de 365 dias.

Mesmo causando a maior polêmica na Netflix, 365 DNI garantiu rapidamente a produção de uma sequência. Segundo uma análise do site Digital Spy, a decisão da plataforma representa uma tendência preocupante; confira abaixo.

365 DNI não deveria ganhar uma sequência?

Na época de seu lançamento, 365 DNI foi escrito como “uma fantasia de estupro com esteroides”, uma história que se baseia no abuso sexual e no gaslighting da vítima, sem nunca abordar a responsabilidade do abusador ou as consequências de seu comportamento violento.

O filme conseguiu a incrível marca negativa de 0% de aprovação no site Rotten Tomatoes, e chegou a provocar até uma petição de retirada, assinada por centenas de milhares de assinantes da Netflix.

Mesmo eviscerado pela crítica especializada, o filme garantiu a produção de não apenas uma, mas duas sequências.

“O sexo é justamente a falha mais ridícula de 365 DNI. Mesmo com a beleza indiscutível dos protagonistas, o filme conta com as cenas menos sexy desde que presenciamos o traseiro de Tommy Wiseau penetrando o ar em The Room”, afirmou o jornal The Guardian.

The Room, produzido e estrelado por Tommy Wiseau, é considerado um dos piores filmes já produzidos na história do cinema.

Com todas essas críticas, por que a Netflix resolveu produzir as sequências de 365 DNI?

A resposta é bastante simples: dinheiro e audiência. 365 DNI figurou nas listas dos 10 filmes mais assistidos da plataforma em mais de 90 países, e foi o quarto longa da Netflix mais pesquisado no Google em 2020.

“No final das contas, plataformas como a Netflix analisam a audiência e respondem de acordo com os resultados das produções”, afirmou a análise do Digital Spy.

Embora o capitalismo tenha ditado a maneira como a indústria cinematográfica funciona desde sua criação, nos últimos anos tem se tornado mais aparente a decisão de plataformas e estúdios de produzir filmes apenas levando em conta as estatísticas de audiência.

Essa estratégia é responsável por produtos de baixa qualidade, que normalmente não levam em conta aspectos importantes, como diversidade e responsabilidade social, segundo o Digital Spy.

Todos os negócios têm a missão de maximizar lucros, mas isso não significa que uma empresa como a General Motors, por exemplo, pode vender crack.

Nesse caso, a Netflix parece ter decidido que a audiência e o lucro são as únicas métricas que importam – não a maneira como os filmes impactam a audiência, principalmente de maneira negativa.

Com a Netflix comandando as sequências de 365 DNI, audiências podem esperar que os filmes pelo menos sejam menos pró-estupro que a primeira versão.

365 DNI está disponível na Netflix! A primeira sequência do longa está sendo produzida atualmente, e ainda não tem data para estrear.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio