Arnold Schwarzenegger gostou de ter salário reduzido em filme; entenda

Astro fechou um acordo lucrativo para estrelar Irmãos Gêmeos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Arnold Schwarzenegger se autodenominou um dos astros de ação mais legais e durões dos anos 1980, mas ele nunca quis ser unidimensional.

Filmes de sucesso como O Exterminador do Futuro e O Predador fizeram de Schwarzenegger um nome familiar, e ele decidiu fazer a transição para comédias e dramas na década de 1990.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Infelizmente, a estrutura robusta de Arnold Schwarzenegger e seu sotaque forte não o tornavam o ator mais atraente para filmes de comédia. Os estúdios sentiram que era arriscado colocá-lo em uma comédia, então ele não estava recebendo os papéis que ele realmente queria quando fez a mudança.

Felizmente, ele conseguiu negociar um acordo arriscado com os produtores de Irmãos Gêmeos, um filme de comédia que provaria ser o filme mais lucrativo da carreira de Schwarzenegger.

Acordo lucrativo

Quando chegou a hora de o elenco e a equipe de Irmãos Gêmeos negociarem seu pagamento, Arnold Schwarzenegger, Danny DeVito e o diretor Ivan Reitman decidiram não receber um salário, optando por uma porcentagem dos lucros do filme.

“Eu entendi que o estúdio não deveria ser o responsável por assumir o risco”, disse Schwarzenegger em uma entrevista com Graham Besinger (via Showbiz Cheat Sheet).

“Então, pudemos fechar o negócio com muita facilidade porque Danny DeVito decidiu não receber salário, Ivan Reitman decidiu não receber salário e eu decidi não aceitar. Mas pegamos uma grande parte do retorno e, claro, esse foi o melhor investimento que já fizemos.”

Em retrospectiva, a decisão provou ser muito inteligente. Irmãos Gêmeos arrecadou US$ 216 milhões de bilheteria, o que significa que Schwarzenegger e DeVito, que concordaram em ficar com 20% dos lucros do filme, receberam US$ 43 milhões, cada um, com Irmãos Gêmeos.

“Cada um de nós diz isso, porque o estúdio nunca, nunca – tornou-se um negócio tão histórico que o estúdio nunca, jamais fará aquele negócio novamente. Não importa quem seja. Não. Absolutamente não. Pegamos o pedaço maior, e isso não cai bem no estúdio, deixe-me dizer.”

Arnold Schwarzenegger volta ao cinema em Kung Fury 2. A estreia deve acontecer ainda em 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio